TECNOCIÊNCIA

Print Friendly

Apiários mais produtivos

ED. 82 | DEZEMBRO 2002

 

Um sistema composto por quatro colmeias interconectadas, com suas respectivas rainhas, resultou em uma produção de mel 40% superior, em comparação com colmeias isoladas. Os testes para aumentar a produtividade de apiários foram iniciados em 1998 por Antônio José Balloni, pesquisador do Centro de Pesquisas Renato Archer (Cenpra) e criador de Apis mellifera em Conchal (SP).

Segundo Balloni, inicialmente as colmeias devem ser colocadas em torno de 1 metro de distância uma das outras, para a abelha poder fazer o reconhecimento geográfico do novo local. Os alvados (portas das colmeias) devem estar apontados para a mesma direção. Três dias depois, a distância é reduzida para cerca de 50 centímetros, e no décimo dia, as colmeias são encostadas. Mas, antes de encostá-las, é preciso pôr, em cima de cada uma, uma tela excluidora, que permite apenas a passagem da abelha operária.

Por cima dessa tela deve ser colocada, no início da florada, uma melgueira para a abelha começar a colher o mel, e na semana seguinte outra intersecionando cada melgueira, para “misturar” as colmeias. Balloni diz que também é preciso estabelecer padrões visuais com tintas ou objetos na entrada de cada alvado para que as abelhas reconheçam a sua colmeia. O site www.whb.com.br apiário traz detalhes da pesquisa.


Matérias relacionadas

PESQUISA BRASIL
Barroco paulista, carros elétricos, envelhecimento, e caquexia
SAÚDE
Inflamação diminui conexões de neurônios de crianças com o transtorno
Folheie a edição 263