Imprimir PDF

Novos materiais

Combate aos gases estufa

Uma boa notícia para o planeta: as emissões de gases causadores do efeito estufa (responsáveis pelo aquecimento global) por centrais elétricas de gás natural podem ser reduzidas praticamente a zero com a utilização de finos tubos feitos de um novo material cerâmico capaz de controlar o processo de combustão. O material empregado na construção desses dispositivos, conhecido como LSCF (de lanthanum strontium cobaltite ferrite ou cobaltita férrica de lantânio dopada com estrôncio), tem a capacidade de filtrar o oxigênio, separando-o do ar. Ao queimar o combustível das centrais elétricas é possível produzir um fluxo de dióxido de carbono – o principal gás estufa – quase puro, que pode ser reprocessado em substâncias químicas com valor comercial, como, por exemplo, o metanol. O LSCF não é um material exatamente novo e foi desenvolvido para a tecnologia das células a combustível, equipamentos que transformam hidrogênio em eletricidade. Sua nova aplicação no setor ambiental surgiu a partir dos estudos de pesquisadores da Universidade de Newcastle em colaboração com pesquisadores do Imperial College London, ambos na Inglaterra. Por enquanto, a tecnologia está voltada para geradores movidos a gás, mas, no futuro, poderá ser eficaz também em centrais que utilizam petróleo e carvão na geração de energia.

Republicar