Imprimir PDF

Farmacologia

A riqueza de dois biomas

ELZA FIÚZA/ABR Cerrado: em busca de plantas aromáticas e medicinaisELZA FIÚZA/ABR

Pesquisadores da Embrapa e da Universidade do Mississippi, nos Estados Unidos, negociam uma parceria que envolverá estudos sobre plantas medicinais do Cerrado e da Caatinga. Entre os temas prioritários estão o desenvolvimento de medicamentos, fungicidas, repelentes de insetos e pesquisas em nutracêutica, ciência que estuda os componentes presentes em frutas, legumes, vegetais, entre outros. Outro destaque será a coleta e conservação de recursos genéticos de plantas aromáticas e medicinais. Uma das possibilidades cogitadas é a criação de um sistema de informação que associe referências obtidas das espécies dos dois biomas com outras de famílias próximas que possam ser substituídas. A cooperação está sendo articulada pelo Laboratório da Embrapa no Exterior (Labex), nos Estados Unidos, sediado em Beltsville, Maryland, e prevê intercâmbio científico e execução de atividades relacionadas à pesquisa e transferência de tecnologia.