Imprimir PDF

Burocracia

Alemães exorcizam a burocracia

O governo da Alemanha anunciou a adoção de um conjunto de regras flexíveis que promete tornar mais simples a rotina dos pesquisadores dos laboratórios e universidades públicas, que hoje são submetidos às mesmas regras da burocracia estatal. Entre outras novidades, a ministra da Pesquisa Annette Schavan autorizou as instituições a oferecer suplementos salariais variáveis para atrair ou manter cientistas de primeira linha. O novo esquema começa a funcionar a partir de janeiro de 2009. A Alemanha ressente-se de perder pessoal qualificado para outros países europeus por conta, entre outros fatores, do engessamento dos salários nas universidades. A construção de novos laboratórios e de outras obras de infra-estrutura acadêmica também poderá ser feita dispensando o crivo de uma seqüência de instâncias burocráticas. Os chefes dos laboratórios terão liberdade de executar as obras de que precisarem, bastando que se comprometam a respeitar as normas estabelecidas pelas autoridades.

Republicar