Imprimir PDF

Fotolab

Rastros ancestrais

Matthew Bennett / Universidade de BournemouthHá 1,5 milhão de anos, ancestrais do homem moderno deixaram pegadas quando atravessaram um campo lamacento nas proximidades do Ileret, no norte do Quênia. Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu essas marcas recentemente e mostrou que elas são muitos parecidas com as do Homo sapiens. O arco do pé é alongado, os dedos são curtos, arqueados e alinhados. “Isto é muito sintomático do estilo moderno de andar”, disse Matthew Bennet, da Universidade de Bournemouth, do Reino Unido, que liderou os autores do artigo publicado na revista Science (27 de fevereiro). O tamanho, a profundidade das pegadas e o espaçamento entre elas refletem a altura, o peso e o modo de caminhar atual. Em 1978 foram descobertas na Tanzânia pegadas de 3,7 milhões de anos, mas com uma anatomia semelhante à de macacos. os pesquisadores acreditam que as marcas recém-descobertas pertenceram ao Homo erectus.