Imprimir PDF

Fotolab

Erupção ancestral

NASA/JPL/University of ArizonaImagens registradas pelo robô submarino Jason, da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), dos Estados Unidos, flagraram a erupção do vulcão suboceânico West Mata, situado a 1,2 mil metros de profundidade nas proximidades das ilhas de Samoa, Fiji e Tonga, no Pacífico. Amostras recolhidas pelo robô indicam que o vulcão produziu um tipo de lava entre os mais quentes já observados, encontrado em vulcões extintos há mais de um milhão de anos. “A composição primitiva e atípica da lava terá muito a nos dizer sobre a formação da crosta terrestre”, disse Barbara Ransom, diretora da Divisão de Ciências Oceânicas da National Science Foundation, que patrocinou a pesquisa. O robô pôde aproximar-se a poucos metros da erupção porque a violência da explosão do vulcão é contida pela pressão da água – e a lava fica sólida quase instantaneamente.