Imprimir PDF

Fotolab

Reservatório de microrganismos

Fotolab_220Gary Bauchan e Chris Pooley / Electron & Confocal Microscopy Unit USDA-ARSO aracnídeo carregado de bactérias e fungos em seu dorso é uma nova espécie de ácaro de planta. Coletado em Ilhéus, na Bahia, ele foi levado pelo doutorando José Marcos Rezende a uma das unidades do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda), em Beltsville, Maryland, e fotografado em um microscópio de varredura, o LT-SEM, que fixa o material por meio de congelamento em nitrogênio líquido. Posteriormente, a imagem foi colorida em computador. “Essa técnica permite ver melhor as características morfológicas e ecológicas do material examinado”, diz Antonio Carlos Lofego, do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), de São José do Rio Preto. Rezende é orientado por Lofego na Unesp, no programa de pós-graduação em biologia animal, e faz estágio na coleção de ácaros do Instituto Smithsonian, sob orientação de Ronald Ochoa. “Pela imagem, podemos inferir que os ácaros podem agir como reservatórios e dispersores de microrganismos”, diz Rezende.

Foto enviada por José Marcos Rezende, do Ibilce-Unesp

Se você tiver uma imagem relacionada à sua pesquisa, envie para imagempesquisa@fapesp.br, com resolução de 300 dpi (15 cm de largura) ou com no mínimo 5 MB. Seu trabalho poderá ser selecionado pela revista.

Republicar