ESTRATÉGIAS

Print Friendly

Lafer, professor emérito

ED. 227 | JANEIRO 2015

 

Celso Lafer e Marco Antonio Zago, reitor da USP, em cerimônia na Sala São Paulo

Celso Lafer e Marco Antonio Zago, reitor da USP, em cerimônia na Sala São Paulo

Celso Lafer, presidente da FAPESP e docente aposentado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), recebeu do reitor Marco Antonio Zago o título de professor emérito da USP, no dia 14 de dezembro, em cerimônia na Sala São Paulo. O evento contou com a apresentação da Orquestra Sinfônica da USP e do Coral da Universidade de São Paulo e encerrou as comemorações dos 80 anos da instituição. A concessão do título a Celso Lafer foi aprovada pelo Conselho Universitário no dia 20 de junho de 2012. “Com a USP me identifico profundamente, posto que está no cerne do meu percurso desde que nela ingressei como estudante, em 1960”, afirma Lafer. Ele se formou em direito, em 1964, e pós-graduou-se em ciência política na Universidade Cornell, nos Estados Unidos, entre 1967 e 1970. De volta ao Brasil, integrou o corpo docente da faculdade. Alcançou a livre-docência em direito internacional, em 1977, e se tornou professor titular de filosofia do direito, em 1988. Aposentou-se, compulsoriamente, em 2011. “Celso Lafer representa os mais altos valores da USP, que, quando de sua criação em 1934, já estabelecera como finalidade precípua a transmissão pelo ensino de conhecimentos que enriquecem ou desenvolvem o espírito, sejam úteis à vida e que tenham valor cultural”, saudou-o Claudia Perrone Moisés, professora do Departamento de Direito Internacional e Comparado, coordenadora do Centro de Estudos Hannah Arendt e ex-aluna de Lafer.


Matérias relacionadas

CPI
SBPC defende Associação Brasileira de Antropologia em carta ao Congresso
RENATA SANTOS
Advogada fala sobre o fenômeno conhecido como judicialização da saúde
PESQUISA BRASIL
Judiacialização da saúde, zooxantelas e avaliação de docentes