TECNOCIÊNCIA

Print Friendly

Acordar e dormir como antigamente

ED. 230 | ABRIL 2015

 

012-015_Tecnociencia_230-01Apesar de ter acesso à eletricidade como os vizinhos da cidade, moradores da área rural de Baependi, município com quase 20 mil habitantes no sudeste de Minas Gerais, preferem manter o ritmo de sono natural, perdido com a possibilidade de iluminação artificial nas casas depois da Revolução Industrial, e acordar cedo e dormir cedo (Scientific Reports, março). Em um estudo comparativo, pesquisadores da Universidade de Surrey, Inglaterra, e da Universidade de São Paulo perguntaram a 729 moradores da cidade e outros 96 da zona rural a que horas costumavam acordar e dormir. Os moradores da zona rural preferiam pular da cama em média às 6h30 e deitar-se às 21h20, indicando um estilo de vida conservador, enquanto os da cidade acordavam às 7h15 e dormiam às 22h30. Em Londres, os horários médios de acordar e dormir eram 8h30 e 23h15. Os pesquisadores acreditam que os moradores da cidade seguem menos o ciclo natural do sono, que implicaria acordar e dormir mais cedo, e dormem menos que os vizinhos do campo, por causa da influência da iluminação artificial.


Matérias relacionadas

BIODIVERSIDADE
Aranhas têm diferentes mecanismos de reconhecimento de cores
ETOLOGIA
Artigo descreve como macacos-prego quebram castanhas-de-caju
TARCISO VELHO
Estudo explica a constância no canto dos pássaros