Found footage: entre procedimento, gênero e apropriação | 05.05.2016

Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on FacebookShare on LinkedIn

 


Há quase 20 anos, Carlos Adriano mergulha em arquivos à procura de registros e fragmentos cinematográficos remotos que são usados como matéria-prima de suas criações experimentais. No vídeo, o cineasta e pesquisador de pós-doutorado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) explica o que é o Found footage e a importância desse gênero para o cinema brasileiro.

Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on FacebookShare on LinkedIn
videos
 20/03/2017
Região da amígdala controla o comportamento agressivo do predador
 07/03/2017
Conheça a ciência por trás dos processos de produção da cerveja
 21/02/2017
Grupo busca identificar desaparecidos políticos entre ossadas de Perus
 06/02/2017
Técnica ajuda dependentes a evitar o consumo do crack
 23/01/2017
Antropólogo fala sobre desmatamento na Amazônia
 10/01/2017
Improvisação livre valoriza a criatividade dos intérpretes
 26/12/2016
Aranha-gigante despeja sobre suas presas suco que inicia a digestão
 12/12/2016
Os impactos da má alimentação de crianças e adolescentes
 28/11/2016
Os resultados da missão espacial Cassini-Huygens a Saturno
 11/11/2016
Exposição resgata artes feitas por pacientes do hospital Juquery
 28/10/2016
Pesquisadores falam sobre o trabalho de divulgação científica via YouTube
 14/10/2016
Arqueólogos investigam sepultamentos na Lapa do Santo, em MG
 28/09/2016
Médico chileno fala sobre a importância de reduzir os abortos inseguros
 19/09/2016
Mutações em certos genes podem aprimorar o rendimento esportivo
 05/09/2016
Infecções fúngicas são resistentes a medicamentos usados para combatê-las
Anteriores