ESTRATÉGIAS

Print Friendly

Animais impedidos de voar

ED. 245 | JULHO 2016

 

Animal para fins de pesquisa: Latam proíbe transporte em seus aviões

Animal para fins de pesquisa: Latam proíbe transporte em seus aviões

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciências (ABC) divulgaram uma carta na qual pedem que a empresa aérea de logística Latam-Cargo reconsidere a decisão de parar de transportar animais utilizados em pesquisas. No documento, a bioquímica Helena Nader e o físico Luiz Davidovich, que presidem a SBPC e a ABC, respectivamente, reafirmam que “o uso de animais de experimentação é de vital importância nas pesquisas das áreas biológicas e da saúde”. A carta ainda lembra que, sem a experimentação animal, não seria possível levar adiante as pesquisas em andamento com os vírus da chikungunya, zika e dengue, por exemplo. Em nota divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo no dia 23 de junho, a Latam (originada pela fusão entre a brasileira TAM e a chilena LAN) comunicou que a medida busca reforçar o compromisso da empresa “com o meio ambiente e as espécies que fazem parte dele”. Situações semelhantes foram registradas em vários países, nos quais companhias aéreas cederam a pressões de entidades de defesa dos animais e deixaram de transportar macacos e camundongos que abastecem laboratórios dos Estados Unidos e da Europa. Grandes empresas como a Lufthansa, a British Airways e a Virgin Atlantic há tempos se recusam a transportar animais a serem utilizados em experimentos científicos.


Matérias relacionadas

HISTÓRIA
Africanos e descendentes atuavam como sangradores e parteiras no séc. XIX
PESQUISA BRASIL
Células-tronco, Indústria 4.0, Nobel da Paz e química verde
MARCOS G. DE ANDRADE LANDELL
Engenheiro-agrônomo fala sobre as variedades da cana desenvolvidas no IAC