TECNOCIÊNCIA

Print Friendly

LED flexível usa pouca energia

ED. 249 | NOVEMBRO 2016

Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on FacebookShare on LinkedIn

 

Tela de LED flexível: 1 micrômetro de espessura e baixo consumo de energia

Tela de LED flexível: 1 micrômetro de espessura e baixo consumo de energia

Pesquisadores da Universidade Tecnológica Chalmers, de Gotemburgo, na Suécia, desenvolveram uma tela flexível de LED, com 1 micrômetro de espessura, que poderia ser a base de um hipotético papel eletrônico. O display reproduz todas as cores de um LED convencional e consome 10% da energia gasta por um tablet convencional (Advanced Materials, 27 de setembro). A tela é feita com polímeros condutores que refletem a luz externa. Essa característica a torna atraente para ser usada em lugares ensolarados, diferentemente das telas de LED convencional, que funcionam melhor no escuro. Há, no entanto, um obstáculo a ser vencido para que esse novo tipo de LED flexível seja realmente adotado pela indústria. Na produção do display, ocorre o desperdício de uma quantidade razoável de ouro e prata.

Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on FacebookShare on LinkedIn

Matérias relacionadas

MARCELO ZUFFO
Engenheiro comenta as aplicações da ciberarqueologia
MARCO TÚLIO DE MELO
Especialista em distúrbios do sono conta como funciona a poltrona antissono
PODCAST: MARKO MONTEIRO
Projeto busca integrar Inovação e Pesquisa Responsável ao ensino superior