Imprimir PDF

Amazônia

Cresce desmatamento na Amazônia

Entre agosto de 2015 e julho deste ano, 7.989 quilômetros quadrados (km2) de floresta foram totalmente removidos por corte raso nos nove estados da Amazônia Legal. Houve um crescimento de 29% do desmatamento em relação ao período anteriormente analisado. Foi a primeira vez, desde 2010, que a região ultrapassou a casa dos 7 mil km2 desflorestados. As estimativas foram divulgadas no mês passado pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), tocado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). No período, o Pará foi o estado com maior área desflorestada (3.025 km2), seguido por Mato Grosso (1.508), Rondônia (1.394) e Amazonas (1.099). Com exceção do Amapá e de Mato Grosso, houve aumento da área de vegetação cortada nas demais unidades federativas da Amazônia. O mapeamento usa imagens do Landsat e de outros satélites para quantificar os episódios de desmatamento em áreas maiores do que 6,25 hectares.

Republicar