NOTAS

Print Friendly

A comida e a culpa

ED. 256 | JUNHO 2017

 

Mulheres diagnosticadas com bulimia nervosa afirmam escolher alimentos com base em decisões relativas à saúde ou à busca por um corpo ideal, enquanto voluntárias sem risco de distúrbios alimentares ressaltam o sabor e o prazer proporcionados pela comida. As conclusões estão em um estudo conduzido por pesquisadoras da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (Appetite, 1º de junho), com base em um questionário padronizado. Os dados apontaram uma insatisfação com a imagem corporal em 82% das participantes sem problemas alimentares e em 93% daquelas com bulimia.


Matérias relacionadas

MARIA ELENA LÓPEZ
Comunidades ribeirinhas estão expostas a altos níveis de mercúrio
PODCAST
Modernismo revisitado, mercúrio em excesso, e direitos transgêneros
MEDICINA
Cautela com antibióticos e antiácidos