Imprimir

Pesquisa Brasil

Monitoramento de árvores, combustível espacial e óxido de grafeno

O  software Airbio permite monitorar a saúde de um grande número de árvores urbanas, principalmente aquelas localizadas no sistema viário e em praças. O biólogo Sérgio Brazolin (foto), chefe do Laboratório de Árvores, Madeiras e Móveis do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT) , explica como ele funciona.

O químico industrial Ricardo Vieira, chefe do Laboratório Associado de Combustão e Propulsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), fala sobre um novo combustível espacial que tem entre seus ingredientes o etanol e o peróxido de hidrogênio, a popular água oxigenada.

A barreira hematoencefálica, que permite somente a passagem de compostos necessários para o bom funcionamento do cérebro, pode ser ultrapassada com ajuda de óxido de grafeno reduzido. A farmacêutica e bioquímica Monique Mendonça, que faz estágio de pós-doutorado no Instituto de Biologia da Unicamp, descreve os resultados dos testes iniciais do uso da substância como estratégia para levar medicamentos ao sistema nervoso central.

Monitoramento de árvores, combustível espacial e óxido de grafeno
     

Programação musical:
Demônios da garoa – As Mariposa
Arnaldo Antunes – As árvores
Paralamas do Sucesso – Busca Vida
O terno – quando estamos todos dormindo
Max Richter – Recomposição das 4 estações de Vivaldi (primavera)
Tom Jobim e Elis Regina – Águas de março

Apresentação: Fabrício Marques
Produção e roteiro: Sarah Caravieri
Participação: Carlos Fioravanti
Gravação e montagem: Dagoberto Alves (Rádio USP)

Assine Pesquisa Brasil como podcast!

Baixar o MP3

Pesquisa Brasil vai ao ar todas as sextas-feiras às 13:00 e sábados às 18h, pela Rádio USP