Cérebro de dinossauro, relógio biológico e Indústria 4.0 | 20.10.2017

 

Pesquisadores da USP e da Universidade de Munique Ludwig-Maximilians, na Alemanha, estudaram em detalhes o crânio fossilizado de um dinossauro de 230 milhões de anos. O paleontólogo Max Langer, da FFCL-USP de Ribeirão Preto, explica como foi possível reconstituir virtualmente o cérebro do Saturnalia tupiniquim.

A bióloga Maisa Araújo, da Fiocruz em Rondônia, fala sobre o trabalho que desvendou os mecanismos do relógio biológico e rendeu aos geneticistas norte-americanos Jeffrey Hall, Michael Rosbash e Michael Young o prêmio Nobel de Medicina.

A Indústria 4.0, é um conjunto de tecnologias que sustentam processos industriais inteligentes. Renan Padovani, sócio da Autaza, uma startup instalada em São José dos Campos, comenta a criação de um sistema de inspeção de peças de automóveis por meio de visão computacional que está sendo utilizado por montadoras.

Revista Pesquisa FAPESP
Cérebro de dinossauro, relógio biológico e Indústria 4.0

Programação musical:
Maria Bethânia – Estrela Miúda
Elomar – Arrumação
Jorge Ben Jor – País Tropical
Cartola – Ciência e Arte
Chico Buarque – A banda

Apresentação: Fabrício Marques
Produção e roteiro: Sarah Caravieri
Gravação e montagem: Dagoberto Alves (Rádio USP)

Assine Pesquisa Brasil como podcast!

Baixar o MP3

Pesquisa Brasil vai ao ar todas as sextas-feiras às 13:00 e sábados às 18h, pela Rádio USP

podcast
 18/05/2018
Vacina da febre amarela, meteorito no Brasil Central e florestas vulneráveis
 11/05/2018
Especialistas debatem os riscos do consumo de alimentos ultraprocessados
 04/05/2018
Sobrevida em câncer, rã amazônica, shoyu e reúso de dados
 27/04/2018
Demandas LGBT, chuvas no Pantanal e RenovaBio
 20/04/2018
Depressão em adolescentes, piramboia, e as engrenagens da floresta
 13/04/2018
Especial educação fundamental no Brasil
 30/03/2018
Termodinâmica invertida, jambu e diagnóstico de câncer
 23/03/2018
Indústria 2027, micromariposas, retratação de artigos e caçadores-coletores
 16/03/2018
Médicos falam sobre as perspectivas da Febre Amarela no Brasil
 09/03/2018
Hospícios brasileiros, autismo e crowdfunding científico
 02/03/2018
Mercadorias chinesas, laranjeira transgênica e dessalinização
 23/02/2018
Plantas carnívoras, emancipação feminina, e-Noé, depressão na universidade
 16/02/2018
Por uma cidade mais saudável
 09/02/2018
Wanda Hanke, floresta revigorada, cocaína, origem da vida, e flora amazônica
 02/02/2018
Roedores, escravidão, crescer com Down e cidades unidas
Anteriores