Imprimir

Pesquisa Brasil

Wanda Hanke, floresta revigorada, cocaína, origem da vida, e flora amazônica

Pesquisa Brasil desta semana reprisa as melhores entrevistas de 2017

Em meados do século XX, a austríaca Wanda Hanke viajou sozinha pela América do Sul para estudar populações indígenas. A historiadora Mariana Moraes de Oliveira Sombrio, da USP, fala sobre os trabalhos da etnógrafa.

Nos últimos 50 anos, a vegetação da Mata Atlântica, no Vale do Paraíba, saltou de 200 mil hectares, em 1962, para cerca de 450 mil hectares em 2011. O biólogo Ramon Felipe Bicudo da Silva explica quais são os fatores que favoreceram a recuperação da floresta na região.

O uso de cocaína pode comprometer funções neurológicas de modo mais agressivo entre os que começaram a consumir a droga na adolescência do que entre os que passaram a usá-la na vida adulta. A neuropsicóloga Bruna Mayara comenta os resultados do estudo.

O químico Dimas Zaia, da Universidade Estadual de Londrina (UEL), fala sobre um experimento que tenta recriar em laboratório o cenário da origem da vida há 4 bilhões de anos, no período chamado Hadeano.

Pesquisadores se unem para traçar um retrato da flora das montanhas da Amazônia, regiões ainda pouco conhecidas e exploradas. A botânica Rafaela Campostrini Forzza, curadora do Herbário do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, fala sobre as expedições que revelaram mais de duas dezenas de novas espécies de plantas.

Coletora autônoma, floresta revigorada, cocaína, origem da vida, e flora amazônica
     

Apresentação: Fabrício Marques
Participação: Rodrigo de Oliveira Andrade
Produção e roteiro: Sarah Caravieri
Gravação e montagem: Dagoberto Alves (Rádio USP)

Assine Pesquisa Brasil como podcast!

Baixar o MP3

Pesquisa Brasil vai ao ar todas as sextas-feiras às 13:00,  sábados às 18h e quintas-feiras às 2h pela Rádio USP