Imprimir PDF

Boas práticas

O golpe da falsa carta de confirmação

A Sociedade Americana dos Engenheiros Civis (Asce), que edita mais de 30 periódicos técnicos e científicos, tomou conhecimento de um golpe que utilizou o nome de suas revistas. Pelo menos sete pesquisadores foram contatados por supostas empresas de edição de manuscritos científicos – a origem de uma delas é a China – que se propunham a ajudar na publicação de papers em revistas da Asce e cobraram uma taxa para fazer o serviço. Pouco tempo depois, os autores receberam uma carta de confirmação com o timbre das revistas e a data prevista de publicação – que jamais aconteceu. Os manuscritos nem sequer chegavam às mãos dos editores das revistas para serem avaliados. Dos sete pesquisadores ludibriados, dois eram do Irã e cinco da China. Angela Cochran, diretora de periódicos da Asce, propôs em um post do blog The Scholarly Kitchen que, além das taxas e prazos envolvidos no processo, os editores de revistas científicas exponham de forma mais transparente em seus sites as regras para apresentação de um manuscrito – deixando claro, por exemplo, que o texto só pode ser enviado para um endereço específico da publicação e que toda a correspondência entre autor e editores virá de e-mails gerados por esse sistema de submissão.