Imprimir PDF

Arqueologia

A biblioteca mais antiga da Alemanha

Ruínas da biblioteca romana descoberta durante escavação em Colônia, na Alemanha

Römisch-Germanisches Museum

A construção do centro comunitário de uma igreja protestante revelou ruínas de uma biblioteca romana na cidade de Colônia, na Alemanha. Considerada a mais antiga do país, a biblioteca data do século II. Tinha 9 metros (m) de largura por 20 m de extensão. Desde o século XIX, o poder público municipal sabia da existência das fundações de um grande edifício romano naquela região da cidade, mas o local exato era desconhecido. Com a identificação do prédio, arqueólogos do Museu Romano-Germânico iniciaram escavações em uma área de 2 mil metros quadrados e constataram que o desenho do edifício apresenta semelhanças com o de bibliotecas antigas, como a de Celsus, na atual Turquia. As paredes internas da biblioteca de Colônia têm intervalos regulares de 1,8 m de extensão e 80 centímetros de profundidade. Nesses espaços, estimam os pesquisadores, seriam armazenados os pergaminhos. Os arqueólogos supõem que a biblioteca fosse pública, por causa do seu tamanho e de sua localização, no centro antigo da cidade. Ainda não se conhece a composição do acervo, que poderia abrigar obras de história, ciência e literatura. Com a descoberta, a igreja decidiu incorporar as ruínas ao seu centro comunitário. Finalizado o trabalho de preservação, elas serão abertas para visitação pública.