Imprimir PDF

Meteorologia

Os vencedores do prêmio Péter Murányi em 2019

SOS Chuva e Freepik Tela do aplicativo SOS Chuva, que indica a precipitação em tempo realSOS Chuva e Freepik

O aplicativo para celulares SOS Chuva, que indica em quais cidades brasileiras chove no momento e a intensidade da precipitação, foi o primeiro colocado na edição de 2019 do prêmio oferecido pela Fundação Péter Murányi. A ferramenta usa dados de satélite e radares meteorológicos para informar a ocorrência de chuva e a probabilidade de chover nos próximos 20 minutos, além da incidência de raios (ver Pesquisa FAPESP nº 260). Criado pelo meteorologista Luiz Augusto Toledo Machado e pelo especialista em programação Luiz Eduardo Guarino de Vasconcelos, ambos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), além de seis colaboradores, o aplicativo já foi baixado 100 mil vezes. A segunda colocação foi para o trabalho dos agrônomos Luiz Carlos Federizzi e Marcelo Teixeira Pacheco, ambos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que desenvolveram cultivares de aveia adaptados às regiões subtropicais. O farmacologista João Batista Calixto, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ficou com o terceiro lugar por desenvolver um anti-inflamatório de ação local a partir do extrato da erva-baleeira (Cordia verbenacea), comercializado com o nome Acheflan.

Republicar