ED. 142 | DEZEMBRO 2007

POLÍTICA C&T

Um novo plano de crescimento

Governo federal destinará R$ 42,1 bilhões para ciência, tecnologia e inovação

No clube dos 200

USP e Unicamp galgam posições em ranking mundial de universidades

Receita para vencer

Anvisa vai regulamentar importação e exportação de material para pesquisa

Grito de independência

Levantamento avalia a experiência do programa Apoio a Jovens Pesquisadores

CIÊNCIA

Mais gente, menos árvores

Pesquisadores de Minas criam índice que revela as áreas da Amazônia mais sujeitas a desmatamento

A palavra e o tempo

Acidentes naturais exigem novas estratégias de comunicação de cientistas com gestores públicos

Uma voz pelo planeta

Time escolhe José Goldemberg como um dos heróis do meio ambiente por estudo sobre etanol

A longa jornada dos raios cósmicos...

...e dos cientistas que quiseram saber de onde poderiam vir

Pelo mundo afora

Comparando genes de diferentes povos, biólogos tentam explicar como e quando os seres humanos surgiram e se espalharam pelo planeta

Muito além dos cyborgs

Comunicação entre cérebros e máquinas aproxima próteses robóticas da realidade

O homem que descozinhou o ovo

Pesquisador francês que inventou a gastronomia molecular quer mudar a forma como o homem cozinha

TECNOLOGIA

Plástico renovável

Etanol e bactérias são as matérias-primas utilizadas por empresas para fabricar produtos substitutos dos derivados de petróleo

Bactérias do bem

Enzimas degradam proteínas e garrafas PET e podem ter novos usos industriais

Proteína no óleo

Pesquisadores da USP utilizam lipase e etanol na produção de biodiesel

Menos resíduos

Cobre e níquel descartados no recobrimento de peças metálicas são recuperados

HUMANIDADES

Quem não sabe dançar improvisa

Hip-hop oferece aos jovens da periferia a chance da existência social

Do ventre da baleia para a fogueira

Em pleno século XVIII, padre baiano quis unir judeus e cristãos

O aborto e a origem do mal

Relação entre interrupção da gravidez e criminalidade defendida por governador do Rio causa polêmica e é condenada por acadêmicos que estudam os dois temas