ED. 189 | NOVEMBRO 2011

POLÍTICA C&T

Parcerias sem fronteiras

FAPESP Week expõe e reforça os laços de pesquisa entre o Brasil e os Estados Unidos

Tempo firme

Das previsões meteorológicas ao aquecimento global, FAPESP investiu nas ciências do clima

O voo do ITA

Reitor assume com a missão de duplicar o número de vagas da renomada escola de engenharia

CIÊNCIA

O preço da longevidade

Aumento da expectativa de vida faz surgir novos problemas nas pessoas com deficiência mental

O revestimento das samambaias

Plantas têm estruturas diferentes das já encontradas

A longa viagem da cigana

Origens de ave amazônica que só come folhas e “rumina” estão na África

Uma bússola para os tsunamis

Alterações no campo magnético da Terra podem alertar sobre a chegada de ondas gigantes

De olho no furacão

Estudo explica a formação e o desenvolvimento dos ciclones na costa do Brasil

Procura-se criatividade

Educação, ciência, tecnologia e inovação devem ser vistas de forma integrada

Da teoria à prática

Caminhos de mão dupla ligam a pesquisa à indústria

Por que Urano gira de lado

Choques com dois grandes objetos teriam feito eixo de rotação do planeta se inclinar 98 graus

TECNOLOGIA

Máquina versátil

Menor compactação do solo e acesso a terrenos íngremes são inovações na colheita de cana

Carvão vegetal sustentável

Novo sistema produz de forma limpa matéria-prima dentro de floresta de eucaliptos

Armadilhas biológicas

Percevejo-marrom da soja pode ser monitorado com feromônio sintético desenvolvido pela Embrapa

Reagentes da saúde

Empresa investe no desenvolvimento de insumos para a pesquisa científica

HUMANIDADES

A Guerra dos Rosas

A experiência de salvar judeus na Alemanha nazista marcou a vida e a obra de Guimarães Rosa e sua mulher Aracy

O rebelde otimista

Ao questionar o senso comum, o economista Antônio Barros de Castro anteviu os rumos e as necessidades do Brasil

A nova morada do modernismo

Pioneirismo “esquecido” de Warchavchki é revelador das tensões da vanguarda nacional

Os amotinados do Império

Participação popular nas revoltas do século XIX foi maior do que se pensa