Imprimir PDF

SEDE

Fundação prepara-se para o ano 2000

O Conselho Universitário da USP aprovou por larga maioria — 84 votos a favor, duas abstenções e um voto contra — o estabelecimento de um processo de negociação com a FAPESP para a venda de um terreno de sua propriedade, ao lado do Campus Armando de Salles Oliveira, situado na Avenida Escola Politécnica e no qual deverá ser construída a nova sede da Fundação. Uma comissão de representantes das duas partes está sendo constituída para discutir o valor da transação. Pela FAPESP, já foram indicados o presidente de seu Conselho Superior, professor Carlos Henrique de Brito Cruz, o conselheiro Alcir Monticelli e o ex-conselheiro Jorge Nagle.

Uma vez formalizada, a comissão terá um prazo de 60 dias para urna decisão. Em seguida, o processo irá ao Tribunal de Contas do Estado e, se aprovado, a FAPESP poderá concluir a transação com a USP e iniciar o processo de licitaçio para a construção. O diretor presidente da FAPESP, professor Francisco Romeu Landi acredita que a construçio da nova sede poderá ser iniciada em 1997 e deverá estar concluída antes do ano 2000. “Os três diretores da FAPESP estão fazendo o estudo de áreas necessárias e interrelações de cada uma das diretorias, para que se possa então desenvolver o projeto arquitetônico”, diz.

Segundo o professor Landi, esse projeto deverá ser austero, mas dispor de área construída suficiente para as atividades da FAPESP, hoje com sérios problemas de espaço. Uma melhor infra-estrutura de apoio para a comunidade científica e tecnológica também deverá ser contemplada. A área para a nova sede foi escolhida tendo em vista as facilidades de acesso para as unidades das universidades, situadas no interior e na capital.

Republish