Imprimir

Estratégias

Crescimento nas bolsas

A FAPESP concedeu, no ano passado, 4.274 bolsas de estudos: 3.912 no país e 362 no exterior. O dispêndio correspondente foi de R$49,2 milhões. Em 1995, foram concedidas 2.963 bolsas, das quais 2.646 no país e 317 no exterior, com o dispêndio de R$ 24,7 milhões.

Isso significa que o crescimento no número de bolsas, de um ano para o outro, foi de pouco mais de 44%. Já o número de auxílios à pesquisa cresceu em cerca de 30%: em 1996 foram concedidos 3.847 auxílios, correspondendo a um dispêndio de R$ 78,5 milhões, contra 2.951 concedidos no ano anterior, com um dispêndio de R$ 45,8 milhões.

Republish