Imprimir PDF

Estratégias

Equiparação salarial

Em audiência com o governador Mário Covas, em 5 de julho, a direção Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo (APqC) apresentou uma antiga reivindicação no sentido de restabelecer a isonomia salarial entre pesquisadores científicos da universidade e dos institutos de pesquisa ligados a secretarias de estado, criada pela lei complementar 727, de 1993.

Além da equiparação, foi também discutida a situação dos recursos destinados aos 18 institutos estaduais e a criação da carreira de apoio à pesquisa – que, segundo a APqC, viria a sanar o problema da evasão de profissionais dos institutos para as universidades devido à defasagem salarial, evitando o fenômeno ocorrido antes da criação da carreira de pesquisador científico, em 1978.

Republish