Imprimir PDF

Bioquímica

Tecnologia natural

MICHAEL BARTL/UNIVERSIDADE DE UTAHBrilho próprio: cor verde produzida pela estrutura cristalina das escamasMICHAEL BARTL/UNIVERSIDADE DE UTAH

Depois de investir milhões de dólares para produzir compostos com estrutura atômica capaz de controlar a passagem da luz — os cristais fotônicos —, químicos da Universidade de Utah, Estados Unidos, finalmente o obtiveram. Já pronto na natureza. Mais especificamente nas escamas do besouro Lamprocyphus augustus, natural da Amazônia brasileira. “Parece que uma criatura simples como um besouro nos forneceu uma das estruturas mais procuradas para equipar a próxima geração de computadores”, disse Michael Bartl, coordenador da equipe que descreveu o achado na Physical Review E, depois de obter um exemplar do besouro com um belga vendedor de insetos. Com disposição semelhante à dos átomos de carbono no diamante, os cristais fotônicos permitem a passagem da luz de determinadas cores e impede a de outras. No futuro pode integrar o processador de computadores que realizam operações com base em propriedades da luz — e não da eletricidade —, que seriam muito mais rápidos que os atuais.

Republish