Imprimir PDF

Estratégias

Em nome do rei

LAURA BEATRIZA Universidade Rei Abdullah de Ciência e Tecnologia, na Arábia Saudita, foi inaugurada no dia 23 de setembro pelo monarca do país que deu o próprio nome à iniciativa. Trata-se de uma instituição sui generis no Oriente Médio, tanto pelo tamanho quanto por se dedicar exclusivamente a programas de pós-graduação. Os cursos de mestrado e doutorado, que já contam com 817 alunos de 60 nacionalidades, compreendem áreas como matemática, ciências da computação, biociências, geociências e engenharias. As aulas são ministradas em inglês e os professores foram recrutados em vários países, incluindo o reitor Choon Fong Shih, que comandava a Universidade de Cingapura. A universidade recebeu do governo uma dotação de US$ 10 bilhões para pesquisa.  O campus de 36 quilômetros quadrados em Thuwal, cidade na costa do mar Vermelho, começou a ser erguido em 2007. Hoje já conta com ferramentas tecnológicas como o supercomputador Shaheen, o 14° mais veloz do mundo e o mais rápido do Oriente Médio. O ministro saudita do Petróleo, Ali Al Naimi, presidente do conselho administrativo da instituição, disse ao jornal Arab News, de Riad, que a instituição vai mudar o perfil econômico e científico do país. “E vai também ampliar a contribuição dos árabes e muçulmanos à civilização”, afirmou.

Republicar