Imprimir PDF

Biologia

Cicatrização de feridas em ratos

A cicatrização é um processo complexo que envolve eventos celulares e bioquímicos. Vários medicamentos têm sido empregados na tentativa de abreviar a cicatrização e evitar danos estéticos. O objetivo do artigo “Ácido ascórbico na cicatrização de feridas cutâneas em ratos” foi verificar o efeito tópico do ácido ascórbico no processo de cicatrização de feridas cutâneas de ratos por meio da verificação do número de macrófagos, neovasos e fibroblastos presentes no período experimental, além de analisar a espessura e a organização das fibras colágenas no tecido lesado. Foram utilizados Rattus norvegicus, machos, nos quais se abriu uma incisão transversal na pele da região dorso-cervical de 15 milímetros de comprimento, após anestesia. Os animais foram divididos em dois grupos: o de controle – feridas higienizadas diariamente com água e sabão – e o grupo tratado – feridas higienizadas e tratadas com creme de ácido ascórbico (10%). O ácido ascórbico atuou em todas as etapas da cicatrização, diminuindo o número de macrófagos, aumentando a proliferação dos fibroblastos e neovasos e favorecendo a deposição de fibras colágenas mais espessas e organizadas nas feridas e mostrou ter efeito anti-inflamatório e cicatrizante. O trabalho é de autoria de J.A.D. Garcia, C.C. Lima, A.P.C. Pereira, J.R.F. Silva, L.S. Oliveira, M.C.C. Resck, M.T.C.P. Bernardes, F.M.P. Olímpio, A.M.M. Santos, da Universidade José do Rosário Vellano (Unifenas), de Alfenas (MG), C.O. Grechi, da EE Judithy Vianna, e E.K. Incerpi da Universidade Vale do Rio Verde (Unincor), de Três Corações (MG).

Brazilian Journal of Biology – vol. 69 – nº 4 –  São Carlos – nov. 2009

Link para Artigo

Republish