Imprimir PDF

fotocatalizador

Luz visível purifica água

Métodos de purificação de água que utilizam luz já são conhecidos e empregados comercialmente há algum tempo. Eles se baseiam no uso da radiação ultravioleta (UV). Ocorre que apenas 5% da luz solar corresponde aos raios UV. Para otimizar e tornar mais eficiente o uso da luz, o ideal é que  as ondas na região do visível pudessem ser usadas na purificação. E foi isso que pesquisadores do Shenyang National Laboratory for Materials Science, da China, e da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, fizeram. Eles criaram um fotocatalizador que usa luz visível para matar bactérias. O primeiro passo foi desenvolver uma grade de fibras de óxido de titânio impregnadas com nitrogênio. Quando os fótons atingem a grade uma carga positiva é gerada rompendo as moléculas de água e produzindo uma substância que mata as bactérias. O fotocatalizador continua em ação mesmo durante a noite e torna-se mais eficiente quando nanopartículas de um  metal chamado paládio são adicionadas ao processo. (SciDev.Net).

Republicar