Imprimir PDF

Biociência agrícola

Biociência agrícola

O campus de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (Unesp) tornou-se sede do primeiro escritório para a América do Sul do Centro Internacional de Biociência Agrícola (Cabi, na sigla em inglês), organização internacional que reúne 400 pesquisadores voltada para publicações e projetos de pesquisa em agricultura e meio ambiente. Entre seus serviços estão o CAB Abstracts, um dos principais bancos de dados agrícolas e ambientais do mundo, e o Global Health, base de dados bibliográfica sobre informações de saúde pública. O Cabi também gerencia uma das maiores coleções de recursos genéticos de culturas de fungo. Entre os projetos realizados pelo centro está o Plantwise, que busca melhorar a segurança alimentar e a vida das populações rurais pobres, através da redução das perdas nas colheitas.

Republish