Imprimir PDF

Cinema

Busca da identidade nacional

O texto “O ‘descobrimento’ no pensamento cinematográfico brasileiro: diálogos possíveis quanto à identidade nacional”, de Alexandro Dantas Trindade, da Universidade Federal do Paraná, pretende analisar uma produção fílmica de Humberto Mauro, O descobrimento do Brasil (1937), tendo como contraponto o filme de Nelson Pereira dos Santos Como era gostoso meu francês (1970). Ambos tratam, de formas diversas e mesmo opostas, um aspecto emblemático da narrativa sobre a formação nacional: o “descobrimento” do Brasil e os primeiros contatos entre colonizador e colonizado. O autor busca entender como tais obras dialogam com outras referências documentais, pictóricas e imagéticas para produzir seus respectivos discursos e representações sobre o que consideram a “verdadeira” identidade nacional.

Lua Nova: Revista de Cultura e Política – nº 81 – São Paulo – 2011

Link para o artigo

Republish