Imprimir PDF

Cabras e Bodes

Cabras e Bodes Transgênicos

Secretaria de C&T do CearáFilhotes da raça Canindé: leite medicamentosoSecretaria de C&T do Ceará

Descendentes de caprinos machos e fêmeas transgênicos foram obtidos por um grupo de pesquisadores sob a coordenação do médico veterinário Vicente José Freitas, professor do Laboratório de Fisiologia e Controle da Reprodução da Universidade Estadual do Ceará (Uece), em Fortaleza. Esses animais possuem em seu genoma um gene que produz a proteína do fator estimulante de colônia de granulócitos humanos (hG-CSF, na sigla em inglês) usado em doenças imunológicas, principalmente relacionadas ao uso de quimioterapia. O medicamento é secretado no leite da cabra transgênica e depois extraído e purificado (ver Pesquisa Fapesp n° 147). Existem medicamentos feitos em laboratório para suprir o hG-CSF, mas cada ampola custa R$ 500,00. Alguns tratamentos necessitam até de 14 ampolas. Uma cabra pode produzir quase duas ampolas em uma lactação induzida. Chamados de biorreatores, o uso de animais transgênicos para produção de medicamentos é uma tendência mais barata e mais fácil de implantar, ao contrário do cultivo de bactérias e de células. Depois de conseguirem reproduzir os animais transgênicos, que são da raça Canindé, em via de extinção na Região Nordeste do país, o passo seguinte antes de comercializar o produto é fazer testes clínicos para a aprovação do medicamento. O projeto conta também com pesquisadores da Univesidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Academia de Ciências da Rússia e recebe financiamento do Ministério de Ciência e Tecnologia e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) (Notícias MCT, 8 de abril).

Republish