Imprimir PDF

O que é, o que é?

O que é, o que é?

O baço

daniel buenoNo meio de uma corrida, às vezes uma pontada no lado esquerdo do abdome obriga a reduzir o ritmo. Chamada de “dor no baço”, na realidade trata-se de um espasmo do diafragma. Este músculo e o baço estão conectados por um ligamento que pode causar dor quando distendido. Geralmente basta diminuir a intensidade do esforço para ela passar. O baço tem como principais funções: retirar de circulação as hemácias e as plaquetas velhas, armazenar o ferro subtraído das hemácias e produzir anticorpos. Em casos graves de traumas, e para quem apresenta raras doenças hemorrágicas ou de coagulação como anemia hemolítica ou púrpura trombocitopênica, pode ser necessário extrair o baço. De modo geral, a sua ausência não compromete a qualidade de vida. Quando removido, outros órgãos se encarregam de suas atividades. O fígado retira as hemácias velhas do sangue e a medula óssea se responsabiliza pela maior parte da produção dos anticorpos. Ele é mais importante na infância, período em que ocorre a maturação do sistema imune e da reatividade imunulógica. Ainda antes, no feto, o baço é um dos principais produtores de células sanguíneas (leucócitos e hemácias). Pesquisas recentes, porém, indicam que quem retira o baço corre mais risco de desenvolver sepse quando infectado por bactérias como pneumococos, meningococos e hemófilos. Por isso, os médicos agora evitam a extração completa do órgão. Deixa-se ao menos uma fração dele mesmo em traumas causados por acidentes.

Ana Maria Caetano de Faria, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Veja o vídeo.

Republish