Imprimir PDF

fcw 2011

FCW 2011: Esforço para melhorar

FCW e instituições parceiras trabalham no primoramento dos critérios de premiação

léo ramos

Da esquerda para a direita: Jorge Kalil, Miguel Srougi e Paulo Vanzoliniléo ramos

Em 10 anos de edição foram concedidos 83 Prêmios FCW. Destes, 35 couberam à Arte, 27 à Ciência, 9 à Medicina e 12 à Cultura. Outros 6 fizeram parte da parceria entre a Fundação Conrado Wessel, o Conselho de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Marinha do Brasil para concessão do Prêmio Almirante Álvaro Alberto. O valor distribuído individualmente aos ganhadores cresceu ao longo dos anos. Na primeira edição, em 2002, foram R$ 300 mil para os vencedores de Ciência, Medicina e Cultura e R$ 140 mil distribuídos entre os três fotógrafos de Arte (fotografia publicitária). Hoje são R$ 900 mil e R$ 200 mil, respectivamente. Junto com o cheque todos recebem uma escultura do artista plástico Vlavianos.

Nesse período os Prêmios FCW foram sendo aperfeiçoados pela administração da fundação com a colaboração de seus parceiros, entre eles a Marinha do Brasil, a mais nova instituição a ter um convênio com a fundação, embora estivesse presente já na primeira premiação quando havia a subcategoria Ciência Aplicada ao Mar, em 2002 (conheça todos os parceiros na página 66). Os responsáveis por laurear os melhores cientistas, artistas e fotógrafos se esforçam em aprimorar os critérios que regem o prêmio. As subcategorias de cada área foram as que mais mudaram. Na edição de 2003 havia cinco subcategorias em Ciência: Ciência Geral, Ciência Aplicada ao Campo, Ciência Aplicada ao Mar, Ciência Aplicada ao Meio Ambiente e Medicina. Em 2007, o número de subcategorias diminuiu para três (Ciência Geral, Ciência Aplicada e Medicina) e em 2010 e 2011 para duas (Ciên-cia, que engloba todas as outras, e Medicina).

A categoria Cultura premiou escritores e poetas nos primeiros anos, como Lya Luft, Ferreira Gullar, Fábio Lucas e Ruth Rocha. Em 2007 o ganhador foi Affonso Ávila, poeta cuja principal contribuição é a divulgação do acervo barroco mineiro por meio de pesquisas publicadas na revista Barroco, editada por ele. O dramaturgo e homem de cultura Ariano Suassuna, o dançarino e músico Antonio Nóbrega e o cineasta Nelson Pereira dos Santos foram os laureados posteriormente. Em 2011, o escolhido foi Paulo Vanzolini, zoólogo renomado e músico que se tornou uma espécie de ícone do samba paulista.

A categoria Arte também sofreu mudanças. No início apenas as fotos feitas com objetivo publicitário, encomendadas por uma agência do setor, eram premiadas. Com o tempo houve uma gradativa alteração do enfoque de fotografia publicitária para ensaios fotográficos divididos entre Ensaio Inédito e Ensaio Publicado, em 2010. A partir de 2011 não se distingue mais entre publicado e inédito – agora são escolhidos os melhores ensaios para o primeiro, segundo e terceiro lugares. As inscrições para Arte são feitas via internet pelo endereço eletrônico www.fcw.org.br e mostram uma intensa participação de todas as regiões do Brasil, com destaque para o Sudeste e Sul em razão da concentração populacional. No segundo semestre do ano de outorga dos prêmios a fundação edita um livro, já tradicional, com as fotos de todos os finalistas.

Nas páginas seguintes há uma relação de todos os ganhadores dos Prêmios FCW, com as respectivas fotos. Apenas uma vez, em 2004, ganharam dois institutos de pesquisa, o Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, em Ciência Aplicada ao Campo, e o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), em Ciência Aplicada ao Meio Ambiente. Nas demais 46 indicações de Ciência e Cultura sempre um cientista, médico, artista ou literato foram os preferidos do júri de cada categoria (conheça o júri na página 67).

As biografias registradas em reportagens de edições especiais anuais como esta apresentam o mérito científico e cultural de cada um dos premiados e mostram como a sociedade brasileira vem se beneficiando com a produção contínua de conhecimento gerado por eles. Há 10 anos a Fundação Conrado Wessel ajuda a reconhecer esse mérito.

Para ver os ganhadores dos anos anteriores, clique no link para o pdf, abaixo

Republicar