Imprimir PDF

Fundação

Marco Antonio Zago é o novo presidente da FAPESP

Léo Ramos Chaces Zago, agora também à frente da FundaçãoLéo Ramos Chaces

O médico Marco Antonio Zago, professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), tomou posse como presidente da FAPESP na manhã de 5 de outubro. Zago foi nomeado para o cargo pelo governador Márcio França em decreto assinado em 28 de setembro e publicado no dia seguinte no Diário Oficial do Estado de São Paulo. O médico compôs a lista tríplice definida em 3 de setembro em reunião do Conselho Superior da FAPESP e entregue ao governador para a escolha do novo presidente da Fundação. Além de Zago, integravam a lista o físico José Goldemberg, professor emérito da USP, também escolhido em primeiro escrutínio, e o sociólogo José de Souza Martins, professor emérito da USP, escolhido em segunda votação. A lista foi definida em função do fim do mandato em 7 de setembro de Goldemberg, que ocupava a presidência da FAPESP desde 2015. Zago graduou-se em 1973 pela FMRP, onde obteve os títulos de mestre e doutor antes de seguir para um estágio de pós-doutoramento na Universidade de Oxford, no Reino Unido. Foi pró-reitor de Pesquisa e depois reitor da USP (2014-2017). Presidiu o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) de 2007 a 2010, após ter sido coordenador do Centro de Terapia Celular de Ribeirão Preto, um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid) financiados pela FAPESP, diretor clínico do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e membro da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). Desde abril deste ano é secretário estadual de Saúde de São Paulo.

Republish