Imprimir PDF

ERC

Conselho Europeu de Pesquisa tem novo presidente

Mauro Ferrari assumirá em janeiro de 2020

Darnell Miller

O engenheiro italiano Mauro Ferrari assumirá, em janeiro de 2020, a presidência do Conselho Europeu de Pesquisa (ERC), que apoia grupos de pesquisa de excelência em várias áreas do conhecimento. Ferrari substituirá o matemático francês Jean-Pierre Bourguignon, no cargo desde 2014. Com 59 anos, Ferrari graduou-se em matemática pela Universidade de Pádua, na Itália, e fez o doutorado em engenharia mecânica na Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos Estados Unidos. A morte da esposa, em 1995, vítima de um tumor, levou-o a abandonar os estudos sobre o movimento das galáxias e voltar-se à área médica. “Senti que tinha que fazer algo contra o câncer”, disse ao jornal espanhol El País. Considerado um dos pioneiros nos estudos em nanomedicina, por criar nanopartículas que transportam medicamentos até os tumores, Ferrari matriculou-se em medicina em 2002, aos 43 anos, mas não concluiu o curso. No ano seguinte, o Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos o colocou à frente da Aliança para a Nanotecnologia contra o Câncer. À revista Nature, Ferrari disse que sua formação multidisciplinar pode ajudá-lo a estabelecer bons relacionamentos com pesquisadores que atuam em diferentes áreas.

Republicar