Imprimir

Galeria de Imagens

Gravura norte-americana no Brasil

Uma pesquisa desenvolvida como parte das atividades de um projeto sobre acervos museológicos identificou recentemente uma coleção de 28 gravuras norte-americanas que estavam armazenadas há mais de seis décadas na reserva técnica do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP). Doada ao Brasil em 1951 pelo empresário e político norte-americano Nelson Rockefeller (1909-1979), a coleção descoberta mostra que a gravura funcionou como plataforma inicial para circulação da produção artística dos Estados Unidos no cenário nacional. Até a década de 1950, a cena artística brasileira estava voltada à produção europeia. A descoberta desse conjunto de gravuras evidencia um momento em que a arte norte-americana começou a circular de maneira mais intensa no Brasil. A historiografia sabia da existência de alguns desses trabalhos, mas desconhecia que eles faziam parte de uma coleção, que foi pensada e doada ao Brasil como parte dos esforços norte-americanos de ampliar a circulação de obras de arte do país em território nacional.

Republish