Imprimir PDF

Fotolab

Um ovo, uma paisagem

Há 80 milhões de anos, um ovo de tartaruga (que aparece azulado na imagem de microscopia eletrônica de varredura) ficou enterrado em argila (ocre). A análise da microestrutura dos fragmentos feita pelo grupo do paleontólogo Sérgio Alex Azevedo, do Museu Nacional do Rio de Janeiro, permitiu a identificação do fóssil.

Imagem enviada por Francisco Rangel, técnico em microscopia eletrônica do Instituto Nacional de Tecnologia

Republicar