Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

ração suína

Glicerina na ração suína

eduardo cesarPorcos: dieta comparável à de milho e sojaeduardo cesar

O aumento da produção global de biocombustíveis e a preo­cupação com a descoberta de novos insumos para ração animal levaram pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, a testar a glicerina na alimentação de porcos. Os resultados mostraram que é possível incluir glicerina na dieta suína sem que exista alteração no desempenho do rebanho ou na qualidade da carne. A glicerina, um líquido viscoso e incolor, é um subproduto importante da produção de biodiesel e já apresenta excesso de oferta no mercado. De cada mil litros de óleo sobram 100 de glicerina. Ela é empregada na fabricação de resinas, cosméticos e fármacos, entre outros produtos. A partir de uma avaliação padrão de digestibilidade dos animais, os pesquisadores americanos perceberam que é possível incluir até 15% de glicerina na ração dos porcos. Nesses níveis, segundo eles, a dieta mostrou resultados comparáveis à alimentação à base de milho e soja.

Republicar