Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Mundo

O isolamento dos colombianos

Pesquisadores colombianos queixam-se de que estão cada vez mais isolados da comunidade científica internacional, pois enfrentam dificuldades em obter vistos para participar de congressos no exterior. Acredita-se que as restrições sejam alimentadas pela associação entre o país e o tráfico internacional de drogas. Recentemente, colombianos que estudam no Instituto de Física da Universidade de São Paulo não conseguiram visto de entrada na Itália e na Irlanda.

Não são casos isolados. “Aqui, todo cientista tem uma história dessas para contar”, diz Moisés Wasserman, presidente da Academia Colombiana de Ciências Exatas, Físicas e Naturais. No ano passado, Germán Poveda, pesquisador da Universidade Nacional, teve o visto de entrada no Canadá negado pela embaixada do país em Bogotá.

Queria ir a um congresso em Montreal. Lá apresentaria sua pesquisa sobre a correlação entre as variações climáticas e os surtos de malária. O visto foi concedido depois que entidades como a Academia Colombiana de Ciências e o Instituto Interamericano de Pesquisa de Mudanças Climáticas enviaram cartas de protesto. (SciDev.Net, 9 de julho)

Republicar