Guia Covid-19
Imprimir Republicar

Imunologia

Vacina antes da hora

O governo russo anunciou, no dia 11 de agosto, o registro de uma vacina contra o vírus Sars-CoV-2, batizada como Sputnik V, a ser produzida pelo Instituto Gamaleia, de Moscou. Em 12 de agosto, o governo do Paraná assinou um acordo com a Rússia para que o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) execute uma parte da pesquisa em seu desenvolvimento, desde que receba aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Há ressalvas a essa primeira vacina registrada para o combate à Covid-19: de acordo com levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), ela passou apenas pela primeira fase de testes clínicos, que avalia em poucas pessoas (76, nesse caso) se sua aplicação é segura. Não há informações públicas sobre sua eficácia.

Republicar