Matérias relacionadas

Pesquisa na quarentena

“Quando acordei, foi maravilhoso perceber que ainda estava viva” Por

Pesquisa na quarentena

“Nosso objeto de estudo é a sociedade e o resultado precisa ser apresentado a ela” Por

Neurologia

O coronavírus e o cérebro Por

Mais conteúdo em Entrevista

Entrevista

Naomar Monteiro de Almeida Filho: As doenças como objetos complexos Por

Entrevista

Radovan Borojevic: O domador de células Por

Entrevista

Lorena Barberia: Caçadores de dados Por