Imprimir PDF

antimicrobiana

Caixinha antimicrobiana

Uma embalagem plástica para acondicionar pinos para reconstrução de dentes com propriedades antimicrobianas que eliminam bactérias e fungos foi apresentada pela empresa Angelus, de Londrina, no Paraná, que em dezembro ganhou o Prêmio Finep de Inovação na categoria Pequena Empresa. A caixa, baseada em compostos com nanopartículas de prata, evita a contaminação de produtos odontológicos. “A atividade antimicrobiana não permite contaminações cruzadas, quando o dentista, ao manusear os pinos, leva bactérias para a caixa onde estão peças que serão usadas por outros pacientes”, diz Lygia Madi, gerente de desenvolvimento de produtos da empresa. A caixa foi desenvolvida em uma parceria da equipe de pesquisa da Angelus com pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos e Universidade Estadual de Londrina.