ESTRATÉGIAS

Print Friendly

O mago da argamassa

ED. 174 | AGOSTO 2010

 

Exposição traz maquetes e fotos de Lelé

O Museu da Casa Brasileira (MCB), em São Paulo, abriga até 19 de setembro a mostra A arquitetura de Lelé: fábrica e invenção, em homenagem ao arquiteto João Filgueiras Lima, conhecido como Lelé. A exposição reúne maquetes, fotografias, desenhos, filmes e animações que contam a história do arquiteto cuja obra é reconhecida pela colaboração com Oscar Niemeyer na construção de Brasília e pelo conjunto de projetos que desenvolveu junto à Rede Sarah de hospitais. A exposição inicia com um painel cronológico de centenas de obras, com destaque para os sistemas e tecnologias desenvolvidos para a construção de passarelas que marcam a paisagem da cidade de Salvador. A obra arquitetônica de Lelé, nascido em 1932 no Rio de Janeiro, caracteriza-se pela busca da racionalização e da industrialização na arquitetura. Suas técnicas envolvem o uso da argamassa armada e a utilização de estruturas pré-fabricadas. Lelé atua como diretor do Centro de Tecnologia da Rede Sarah (CTRS), onde desenvolve os projetos e a execução dos novos hospitais da rede.


Matérias relacionadas

URBANISMO
Reforma no Rio de Janeiro, no começo do século XX, ainda é objeto de...
URBANISMO
Obras assinadas por estrelas da arquitetura e seu impacto nas cidades
REGINA MARIA PROSPERI MEYER
Urbanista da FAU-USP dedica-se a pensar a macrometrópole paulistana