Imprimir PDF

Fotolab

Cores nas lagoas

O listrado multicor que se desenha na areia quando o nível da água baixa nas lagoas do Pantanal da Nhecolândia, conhecidas como salinas, em Mato Grosso do Sul, por muito tempo foi um mistério para observadores. A explicação está na cianobactéria Anabaenopsis elenkinii, um dos poucos organismos que sobrevivem nas condições inóspitas dessas águas muito alcalinas, de pH entre 9 e 11. De acordo com o Núcleo de Pesquisa em Ficologia do Instituto de Botânica, na época seca essas bactérias se reproduzem em profusão e pintam as lagoas com substâncias de sua própria decomposição.

Foto enviada por Kleber Renan de Souza Santos
Instituto de Botânica de São Paulo

Se você tiver uma imagem 
relacionada a pesquisa, envie 
para imagempesquisa@fapesp.br, 
com resolução de 300 dpi (15 cm 
de largura) ou com no mínimo 5 MB. 
Seu trabalho poderá ser selecionado pela revista.

Republicar