Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

SBPC reúne 10 mil

Reunião da SBPC reúne 10 mil

antonio cruz / abrFeira de ciência no encontro de Goiâniaantonio cruz / abr

A 63ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que reuniu cerca de 10 mil participantes em Goiânia entre 10 e 15 de julho, ecoou as preocupações da comunidade científica em relação aos cortes no orçamento federal e à necessidade de criar novos marcos legais para a pesquisa. Ao fazer um balanço do encontro, a presidente da SBPC, Helena Nader, afirmou que se abre um “horizonte negativo” para a produção científica brasileira. “A longo prazo vai ser uma tragédia”, disse ela, segundo a Agência Brasil, temendo queda do número de artigos e teses publicados. De acordo com Helena, há pesquisadores que temem assinar autorizações de gastos e depois “ter de responder com patrimônio próprio”. “Os marcos legais são amarras. Ou são adequados à realidade ou [os inventos] vão continuar sendo produzidos no exterior”, ressaltou. A alteração da legislação deve incluir mais incentivos para a indústria apostar em inovação. Helena concordou com vários conferencistas que estiveram na reunião da SBPC e reclamaram do descompromisso do setor produtivo com inovação.“A indústria tem que ser convencida de que tem que contratar profissionais qualificados. As pessoas acham que o lucro vem no dia seguinte.” A Reunião da SBPC teve 440 palestrantes, 174 conferências, 80 minicursos e participação de 135 instituições na Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação (Expotec). Em 2012, o evento ocorrerá em São Luís, capital do Maranhão.

Republicar