Imprimir PDF

Fotolab

Dino em cores

Jim Robins/Universidade de BristolNuma descoberta pioneira, paleontólogos  do Reino Unido, da Irlanda e da China conseguiram vislumbrar a cor de um pequeno dinossauro bípede e carnívoro, de pouco  mais de um metro de comprimento. Segundo pesquisa publicada na revista Nature,  o Sinosauropteryx, encontrado na região de Jehol, no nordeste da China, era laranja  e branco e tinha a cauda listrada. Estruturas vinculadas à pigmentação de pele e penas, conhecidas como melanossomos, foram identificadas em cerdas da cauda de um fóssil de mais de 100 milhões de anos. Melanossomos são organelas que contêm cor e são encontradas na estrutura das penas e pelos de pássaros e mamíferos. Como integram uma estrutura rígida de proteína, podem resistir por centenas de milhões de anos. A pesquisa, liderada por Mike Benton, da Universidade de Bristol, também encontrou melanossomos em partes do corpo de um fóssil do pássaro primitivo Confuciusornis. Foram encontrados padrões nas cores branca, preta e marrom-alaranjada.