O relevo econômico do interior | 22.10.2012

 

O sistema ferroviário implantado no início do século XX permitiu a formação de uma série de cidades no interior de São Paulo, interligadas à capital e ao porto de Santos para escoamento de café e outros tipos de produção. Nos anos 1970, as ferrovias foram substituídas por uma malha rodoviária que aprofundou o relevo econômico da região.

Eliseu Savério Esposito, do Departamento de Geografia da Faculdade de Ciência e Tecnologia (FCT) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Presidente Prudente, conta essa história. Para ele, essas cidades do interior já não dependem da metrópole.

O vídeo também pode ser visto com legendas em Inglês.

Saiba mais na reportagem O relevo econômico do interior

videos
 02/10/2017
Sapos do gênero Brachycephalus, da Mata Atlântica, não escutam o próprio canto
 19/09/2017
Cana-de-açúcar transgênica é resistente à principal praga dos canaviais
 06/09/2017
​Etnógrafa viajou pela América do Sul para estudar grupos indígenas
 21/08/2017
Balões levam internet a lugares remotos
 09/08/2017
Experimento reproduz fenômeno que pode ocorrer perto de buracos negros
 25/07/2017
Estratégias para monitorar as áreas arborizadas das cidades
 10/07/2017
Forma de medir o quilograma será redefinida
 27/06/2017
Os desafios de diagnosticar e tratar disfunções genéticas sexuais
 19/06/2017
Finalistas do Famelab falam sobre a importância da competição
 12/06/2017
Como fungos usam química para brilhar no escuro da mata
 29/05/2017
Como a fotografia moldou a forma de ver o mundo
 15/05/2017
Cultura 3D preserva função das células em laboratório
 03/05/2017
Descoberta de novos acervos revaloriza o barroco paulista
 17/04/2017
Laser aleatório permite o desenvolvimento de laboratórios compactos
 03/04/2017
Mapa mostra distribuição da capacidade científica no estado de SP
Anteriores