Imprimir

Estratégias

Balanço positivo

Os números controlados diariamente pela FAPESP apontam que em 1996, até o dia 26 de dezembro, haviam sido concedidos pela Fundação 3.743 auxílios, no valor de R$ 74,5 milhões, considerando-se nesses números os auxílios regulares e mais os relativos aos programas de apoio ao jovem pesquisador e de apoio ao ensino público. Já os recursos dispendidos com projetos ligados ao programa de apoio a infra-estrutura alcançavam cerca de R$ 103 milhões. Quanto às bolsas de estudos, foram concedidas 3.465 no País, no valor global de R$ 38,2 milhões, e 331 no Exterior, correspondentes a R$ 7,7 milhões.

Ainda não são números fechados e totalmente conclusivos do ano, mas já constituem amostra mais que suficiente do crescimento de auxílios e bolsas relativamente a 1995. Nesse ano, foram concedidos 3.408 auxílios, no valor de R$48,8 milhões (o programa de infra-estrutura implicou dispêndio de R$66 milhões), 2.646 bolsas no país, correspondentes a R$19,9 milhões e317 bolsas no Exterior, no valor global de R$24,6 milhões.

Republish