guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Especial

PIPE – 2° Edital

Inovação Tecnológica em Pequenas Empresas (PIPE) - 2° Edital

32 Segmentação Assistida de Imagens e Vídeos Digitais

Coordenador: Robert Liang Koo
Empresa: SDC Engenharia, Sistemas, Eletrônica, Imp. e Exp. Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 35.000,00 / US$ 0,00
Fase 2: R$ 57.000,00 / US$ 35.000,00

A SDC vem desenvolvendo, por meio do projeto Softex, uma “caixa de ferramentas” de morfologia matemática para o software de programação visual Matlab. A morfologia matemática é uma técnica não-linear de tratamento de imagens digitais para segmentação de imagens. Essa proposta visa a desenvolver as ferramentas de segmentação de modo que possam ser facilmente migradas para diferentes programas já consagrados no mercado, como o Photoshop, o próprio Matlab, o 3DStudio, etc. A manipulação da fotografia e do vídeo exige diversas técnicas sofisticadas de processamento de imagens. A crescente capacidade de armazenamento e transmissão de dados atual é possível graças às tecnologias DVD, TV digital, Internet e às diversas técnicas de compressão de dados (MPEG2 e MPEG4). Essa facilidade de acesso a imagens e vídeos digitais está permitindo que sinais de vídeo possam ser manipulados com muito mais complexidade dentro do computador digital. Esse novo panorama abre caminhos para diversas aplicações de processamento de imagens onde a segmentação de objetos é uma das operações fundamentais. A segmentação consiste em usar o computador para definir, na imagem, recortes automáticos ao redor de objetos de interesse. Pretende-se estudar a melhor metodologia de desenvolvimento desse software . Em particular, na Fase 1 da pesquisa procurar-se-á saber quais são as reais necessidades dos usuários; como deve ser a interface; se se deve gerar um produto stand-alone ou plug-ins para plataformas já existentes, e quais são as ferramentas mais promissoras.

33 Seleção de Híbridos de Milho Resistente a Phaeosphaeria maydis P. Henn

Coordenadores: Márcio Nomelini Marteleto/ Ricardo Magnavaca
Empresa: Sementes Mogiana Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: Projeto selecionado direto para Fase 2
Fase 2:
R$ 190.700,00 / US$ 7.000,00

Esta pesquisa tem como objetivo a seleção de híbridos de milho resistente ao fungo Phaeosphaeria maydis P.Henn , que causa uma mancha foliar na planta após o florescimento,na fase de enchimento de grãos. Quando o ataque é intenso, há uma considerável perda de área foliar, o enchimento de grãos é incompleto, ocorrendo dano econômico na produção. Apesar de essa doença ter sido relatada pela primeira vez na literatura no início do século, no Estado de São Paulo, ela tornou-se mais freqüente na década de 80, e já na década de 90 causa apreciável dano econômico. Hoje ela está presente nas regiões Sudeste, centro-oeste e sul do Estado, e os danos econômicos que causa aumentam ano a ano. Essa doença tem sido mais freqüente na Índia e foi detectada recentemente na Flórida, nos EUA. Os programas de melhoramento de milho no Brasil, públicos ou privados, estão trabalhando intensamente para desenvolver cultivares resistentes, mas a quantidade de híbridos resistentes no mercado ainda é muito baixa. A Sementes Mogiana Ltda., associada à Mitla Pesquisa Agrícola Ltda., já tem um programa de seleção de linhagens e híbridos resistentes a Phaeosphaeria . Há necessidade de dar continuidade ao desenvolvimento das linhagens, conhecer melhor as fontes de resistência e sua interação com outros caracteres importantes. Dada a possibilidade de a herança envolver um ou poucos genes maiores, propõe-se o estudo dessa herança. Esses são os objetivos do projeto.

34 Desenvolvimento de Sistemas para Sinalização R2/MF Utilizando Novas Técnicas de Processamento de Sinais

Coordenador: Carlos Geraldo Kruger
Empresa: IDEA! Sistemas Eletrônicos Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 33.300,00 / US$ 0,00
Fase 2:
R$ 59.900,00 / US$ 105.000,00

A empresa IDEA!, com este projeto, pretende desenvolver um circuito integrado de aplicação específica (Asic) que, além de englobar as soluções já existentes, agregue novas funções que justifiquem sua aplicação em equipamentos terminais de baixo custo. Para tanto, pretende utilizar técnicas inovadoras de processamento de sinais de telefonia juntamente com o uso de metodologias de projeto estruturadas, onde se faz uma descrição de alto nível com a posterior utilização de ferramentas de simulação e síntese. Tendo detectado o crescente fortalecimento das pequenas e médias empresas em todo o mundo, um grupo de pesquisadores originários do sistema Telebrás resolveu criar a empresa IDEA! Sistemas Eletrônicos Ltda. Com uma postura voltada para atender e superar as expectativas de seus clientes, a IDEA! visitou empresas de grande destaque no cenário tecnológico nacional e identificou o interesse das empresas do setor de telecomunicações pelo desenvolvimento de um componente Asic, de baixo custo, para a recepção e transmissão de sinais multifreqüências do tipo MFC e MFP. Como resultado, espera obter um componente para MFC de baixo custo que viabilize o desenvolvimento de equipamentos nacionais para diversas aplicações, tornando-os competitivos no mercado nacional e internacional.

35 Desenvolvimento de um Topógrafo Intracirúrgico (primeiro protótipo)

Coordenador: Silvio Antonio Tonissi Junior
Empresa: Eyetec Equipamentos Oftálmicos Ind. e Com. Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 33.100,00 / US$ 11.738,00
Fase 2:
R$ 182.223,00 / US$ 30.950,00
Bolsas:
R$ 31.500,00

Este projeto tem como objetivo a realização de pesquisas práticas na área da topografia da córnea e o desenvolvimento de um primeiro protótipo de topógrafo intracirúrgico (para uso durante a cirurgia), instrumento inédito no mercado nacional e internacional. Como primeiro passo deve ser desenvolvido um sistema de projeção de anéis na córnea que tenha bom desempenho durante a cirurgia. Sua luz não deve ser ofuscada pela iluminação do microscópio cirúrgico e o reflexo na córnea deve ser nítido. O projetor deverá ser construído na forma de três cones em acrílico. Depois de montado, será acoplado a um sistema de iluminação por fibras ópticas com fonte de luz de intensidade regulável. Pretende-se implementar o sistema em duas versões: uma para notebook e outra para desktop , ambos computadores IBM-PC compatíveis. A primeira terá a vantagem de ser portátil; a segunda, de poder utilizar placas de aquisição de imagens específicas para desktop , que possibilitam a captura de imagens de melhor qualidade e em tempo real. As imagens digitalizadas serão processadas para detecção dos anéis refletidos pela córnea. Nas informações obtidas serão aplicados algoritmos de modelos matemáticos de topografia da córnea humana. Mapas topográficos com códigos de cor para diferentes curvaturas serão gerados e dispostos em intervalos de poucos segundos durante a cirurgia, auxiliando o médico no diagnóstico de irregularidades na superfície. Cirurgias de catarata e refrativas em geral são exemplos do uso desse sistema.

36 Desenvolvimento de Vídeo Endoscópio com Óptica Gradiente

Coordenador: Cícero Lívio Omegna de Souza Filho
Empresa: Kom Montagens e Comércio Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 53.387,00 / US$ 0,00
Fase 2:
R$ 113.900,00 / US$ 79.500,00

A presente pesquisa propõe-se a desenvolver um endoscópio otimizado para seu uso com câmara de vídeo. O endoscópio é um instrumento óptico que permite a observação de locais com acesso limitado. O instrumento é composto de uma haste metálica e em seu interior estão alojadas as ópticas de imagem e do feixe de fibras ópticas de iluminação. Seu diâmetro varia de 1,8 a 12 mm. O endoscópio que propomos desenvolver será do tipo rígido e utilizaremos a tecnologia de lentes graduais (grin lenses ). Essas lentes têm forma cilíndrica e possuem um perfil de índice de refração que diminui gradualmente a partir do eixo do cilindro. O uso da tecnologia de grin lenses, em contraposição às lentes convencionais, permite: diminuir o número de lentes, com a conseqüente diminuição de perdas por reflexão e das aberrações acumuladas; maior precisão no posicionamento das lentes preservando o eixo óptico do sistema, já que elas possuem simetria cilíndrica; e menor diâmetro do tubo, tornando a inspeção da cavidade menos invasiva. Atualmente a videoendoscopia necessita de uma óptica adicional para acoplar a imagem do endoscópio à câmera CCD. Pelo lado da iluminação o cabo de fibras ópticas é interrompido por um conector colocado entre a fonte e o endoscópio, esta conexão causa perdas na ordem de 50%. Na primeira fase desse projeto, construímos quatro protótipos sendo três dele com óptica gradiente e um microvídeo-otoscópio usando lentes convencionais. Inúmeros dispositivos e ferramentas mecânicas foram feitos para montar e testar os instrumentos produzidos. Foram feitos trabalhos de montagem e desenvolvimento de uma nova fonte de luz integrada com a unidade de controle de uma microcâmera. Um tipo especial de fibra foi projetada e confeccionada com diâmetro de 40 micra. Com essa fibra foram construídos feixes para iluminação dos protótipos.

37 Laboratório de Metrologia Química

Coordenador: Nilton Pereira Alves
Empresa: QuimLab – Química e Metrologia (Sesoko e Alves Ltda.)
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 15.500,00 / US$ 28.500,00
Fase 2:
R$ 56.216,00 / US$121.378,00

Este projeto tem o objetivo de criar um laboratório de Metrologia Química visando, principalmente, a atender as indústrias quanto ao fornecimento de padrões químicos reconhecidos internacionalmente para as principais técnicas analíticas utilizadas em controles químicos de produtos, processos e meio ambiente. Para cada padrão produzido será emitido certificado de rastreabilidade, constando o valor real da grandeza química determinada, com a respectiva incerteza. Os padrões rastreados serão comercializados e deverão preencher uma lacuna na área, no Brasil, principalmente para atender à demanda das indústrias quanto às normas de qualidade internacionais como ISO 9000, ISO 14000, QS 9000 e outras. O laboratório se limitará a produzir padrões de pH, atividade iônica, condutância, elementos para absorção e emissão atômica, compostos orgânicos para GG, comprimento de onda e transmitância para espectroscopia de UV-Visível e Infravermelho e padrões primários para volumetria. Importante ressaltar que desse projeto deverão desenvolver-se pesquisas que poderão ser aproveitadas em outros laboratórios do gênero e, também, por órgãos oficiais como o Inmetro, que está tentando implantar as bases da Metrologia Química no país, principalmente para fabricação de materiais de referência padrões próprios e formação de uma rede de Metrologia Química credenciada e reconhecida internacionalmente, nos moldes da já existente Rede Brasileira de Calibração (RBC), adotada para os laboratórios de Metrologia Física e Mecânica.

38 Avaliação de Sistema de Tratamento de Águas Residuais de Processamento de Mandioca

Coordenador: Marney Pascoli Cereda
Empresa: Plaza – Indústria e Comércio Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 48.511,70

O presente trabalho faz parte de um projeto de gestão de resíduos da industrialização de mandioca, estabelecido pelo programa PRI entre o Ministério de Ciência e Tecnologia brasileiro e o Ministério das Relações Exteriores da França (foram liberados R$ 29 mil para seu desenvolvimento). No entanto, como norma do programa, tal recurso não pôde ser utilizado na compra de equipamentos, o que impossibilitava o desenvolvimento do projeto. Uma alternativa encontrada foi o Programa de Inovação Tecnológica em Pequenas Empresas da FAPESP, visando à complementação dos recursos.

39 Stereotrips II: Técnicas de Computação Gráfica Estereoscópica e Sincronia Áudio-Vídeo para Aplicações Multimídia

Coordenador: Nelson Coelho Nascimento
Empresa: Intuição S/C Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 39.300,00

O presente projeto de pesquisa tem como objetivo pesquisar novas tecnologias para a apresentação de animações computadorizadas de alta resolução acompanhadas de música, com plano de lançar o produto fruto deste trabalho no mercado internacional, em particular nos Estados Unidos. Como se trata de animações geradas por modelos tridimensionais, o enfoque principal se dará no estudo das tecnologias emergentes no campo da renderização em tempo real, tais como Direct X(r), OpenGL(r), e, também, na linguagem VRML 2.0. O projeto de pesquisa Stereotrips II é uma continuação do projeto Stereotrips, executado no ano de 1996, que compreende um CD-ROM com animações estereoscópicas acompanhadas de música. Foram realizadas dez animações estereoscópicas e respectivas composições musicais que são apresentadas por um software , criado especialmente para esse fim, para plataforma PC-Windows em 16 bits programado em linguagem Visual-Basic. Esse CD pode também ser tocado em aparelhos de CD áudio convencionais. Tal software utilizou-se de rotinas DLL de livre distribuição criadas pela empresa Autodesk. A característica fundamental do Stereotrips é justamente a estereoscopia das animações, que proporciona a ilusão de tridimensionalidade sob suporte bidimensional sem a necessidade de óculos ou quaisquer dispositivos outros que não o computador multimídia doméstico.

40 Seqüenciamento Automático de DNA em Diagnóstico Molecular: Análise da Eficiência, Reprodutibilidade e Custos de Diferentes Métodos

Coordenadora: Heloísa Barbosa Pena
Empresa: Genomic Engenharia Molecular Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 47.600,00

A Genomic Engenharia Molecular dedica-se ao desenvolvimento e comercialização de testes diagnósticos nas áreas médica, veterinária e agrícola utilizando técnicas de biologia molecular. Durante o processo de montagem de testes diagnósticos baseados no seqüenciamento automático de DNA, a empresa deparou com um grande número de alternativas técnicas viáveis e uma ausência total de dados que permitissem comparar tais métodos quanto à qualidade, reprodutibilidade, custo e possibilidade de automação. Este projeto tem como objetivo superar essa dificuldade por meio de uma análise comparativa das diferentes técnicas disponíveis atualmente no meio acadêmico, mas ainda não amplamente utilizadas no ambiente industrial. Esse trabalho, em sua primeira fase, deve fornecer dados comparativos sobre o custo e os benefícios desses métodos baseados não em estudos teóricos, mas em sua utilização prática.

41 Inovação Tecnológica para a Indústria Financeira

Coordenador: Mamede Augusto Machado da Silveira
Empresa: JRM Informática Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 50.264,00

Este projeto tem por objetivo o estudo da viabilidade técnica de uma estrutura computacional capaz de atender a todas as necessidades de armazenamento e processamento das informações corporativas de uma instituição financeira, de forma única e integrada. Além disso, essa estrutura deve servir como uma ferramenta embrionária para a realização da reengenharia dos processos de negócio da instituição. Os requisitos para o sucesso do plano estratégico de uma empresa são concretizados somente se os sistemas que suportam seus negócios estiverem capacitados a rápidas mudanças, com acesso em tempo real. Para tanto, é necessário repensar as soluções de informática de forma a convergirem e suportarem todos os processos de negócios (flexíveis e adaptativos) e necessidades informativas da empresa. Para isso, deve-se construir um modelo de sistema integrado com os seguintes requisitos: integrar em um único sistema todos os dados e processos de negócios da instituição; ser totalmente portável entre diversas plataformas cliente/servidor; ser facilmente escalável entre aplicações de poucos ou muitos usuários; oferecer interoperabilidade entre os diversos padrões abertos do mercado de informática; permitir a extensão do modelo para a inclusão de novos tipos de dados complexos e novos produtos; oferecer a capacidade de migração gradual dos sistemas existentes na instituição; minimizar custos; oferecer uma interface gráfica amigável capaz de manipular e visualizar dados complexos; estabelecer um plano de tecnologia para a instituição financeira para a próxima década.

42 Rede Metropolitana Sem Fio – Wireless MAN

Coordenador: Oséas Valente de Avilez Filho
Empresa: Josaphat Engenharia Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 39.111,11

Nosso propósito é apresentar uma alternativa para a racionalização do consumo de água e energia elétrica, que consiste no desenvolvimento de um sistema cujo objetivo é distribuir melhor o consumo de tais recursos ao longo do dia. Como se sabe, existem picos de consumo que definem a capacidade das redes de distribuição. Se o consumo é mais bem distribuído, os picos se reduzem e, conseqüentemente, as redes existentes podem ser redimensionadas e otimizadas, não havendo necessidade de grandes investimentos em novas redes, gerando, dessa forma, grande benefício com relação à preservação do meio ambiente. O Brasil possui enorme potencial de recursos naturais. Não obstante, começam a surgir sérios problemas relacionados com a escassez de água potável e energia elétrica. Com a monitorização on-line prevista nesse projeto, outros ganhos serão obtidos: redução das perdas físicas (vazamentos, desvios, etc.) e não físicas (arrecadação) e detecção de situações críticas, possibilitando pronta atuação corretiva nos sistemas de distribuição. Atualmente, o mercado brasileiro não dispõe de um sistema eficaz de monitorização de redes de abastecimento. Nossa meta inicial é atender às necessidades desse mercado e, futuramente, exportar a tecnologia e os produtos desenvolvidos para outros países. A Rede Metropolitana (MAN), objeto principal desse projeto, será uma rede de baixa velocidade, sem fio (wireless ), que utilizará técnicas de espalhamento espectral (Spread Spectrum ) e de acesso múltiplo por divisão de código (CDMA).

43 Desenvolvimento de Caixas Acústicas de Alta-Fidelidade

Coordenador: Plínio Tissi
Empresa: Autis – Plínio Tissi ME
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 47.910,00

O presente projeto prevê o estudo da viabilidade da produção em escala industrial de caixas acústicas de alta-fidelidade.

44 Amplificador de Baixo Ruído com Conversor de Freqüências em Banda KU (LNB – Low Noise Block) para Utilização com Refletor Parabólico

Coordenador: Alexandre Nunes da Trindade
Empresa: Proqualit Montagem e Comércio Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 19.900,00 / US$ 7.206,40
Fase 2:
R$ 155.800,00 / US$ 20.000,00

O presente projeto consiste na especificação completa do amplificador de baixo ruído com conversor de freqüências em Banda KU (de televisão via satélite) Low Noise Block (LNB) para as características utilizadas atualmente no mercado nacional pelas empresas operadoras do sistema DTH (Direct to Home ): Sky (Grupo Globo) e TVA (Grupo Abril). Em seguida, deverá ser desenvolvido o projeto teórico, que pretende resolver o problema de casamento de impedância especificado para mínima figura de ruído e máximo ganho em alta freqüência (12 GHz) e para variações de temperatura de campo (-10°C a +50°C). Definido o projeto elétrico teórico conforme diagrama de blocos a seguir, deverá ser feito o projeto mecânico do encapsulamento (caixa com refletor). Diagrama de blocos do LNB: Zin 1 = Zin 2; Zout 1 = Zout 2; O.L. = Oscilador Local, e LNA = Amplificador de Baixo Ruído. A seguir será feita a montagem dos componentes, obtendo-se o primeiro protótipo desta placa de circuito impresso montado no país. Logo após, deverão ser realizados testes de desempenho da PCI montada. Após as avaliações de desempenho, serão feitas possíveis modificações na PCI, que deverá ser integrada junto à caixa com refletor para novos testes de desempenho. A avaliação final deverá ser feita no conjunto refletor parabólico + LNB + receptor. As conclusões desse projeto deverão indicar a melhor solução para a produção em série desse produto. Esse estudo também poderá gerar procedimentos importantes de projetos de conversores de freqüências a serem utilizados em outros sistemas de telecomunicações.

45 Plataforma Integrada Sensores Inerciais/GPS

Coordenador: Otávio Santos Cupertino Durão
Empresa: Navcon Navegação e Controle Indústria e Comércio Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 23.635,00 / US$ 21.929,00
Fase 2:
R$ 111.739,00 / US$ 45.564,00

Este projeto de pesquisa visa a integrar, em uma mesma plataforma, sensores inerciais e um receptor GPS de baixo custo, com o objetivo de determinação de trajetórias e atitude. Além da integração mecânica, também serão implementados os algoritmos, processamentos e tratamento de sinal necessários. Como resultado, espera-se ter, em uma plataforma de pequeno porte e massa, uma unidade capaz de oferecer resultados melhores do que seus componentes (GPS e sensores inerciais) quando atuam isoladamente com o mesmo fim. Além disso, a plataforma integrada compensa restrições que esses componentes possuem quando atuam isoladamente. O uso do receptor GPS isolado, por exemplo, pode não ser possível continuamente, devido a restrições geométricas temporárias de posicionamento. Outras causas temporárias de perda de sinal GPS ocorrem devido a falhas na transmissão do sinal. Também a freqüência de leitura do receptor GPS pode não ser suficiente em certos casos, e esta freqüência será substancialmente aumentada com sua integração com os sensores inerciais. A integração desses dois tipos de equipamento elimina essas deficiências. A Fase 1 do projeto analisou a viabilidade dessa integração para uma gama variada de aplicações. Como resultado, pretende-se, na Fase II, construir um modelo pré-industrial do sistema que possua características modulares. Isto é, o atendimento a diferentes aplicações e especificações de precisão será feito, permitindo-se a substituição modular de alguns componentes do sistema, notadamente a plataforma de sensores inerciais. Deste modo, aplicações de baixa precisão poderão ser atendidas com sensores de baixo custo, sem que isso impeça a utilização do sistema em outras aplicações de melhor precisão, desde que utilizando-se outros sensores de melhor qualidade.

46 Desenvolvimento de Processos de Plasma Aplicados à Metalurgia

Coordenador: Vladimir Henrique Baggio Scheid
Empresa: Metal Plasma S/C Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 49.000,00

O objetivo deste projeto é o de desenvolver os seguintes processos a plasma aplicados à metalurgia: nitretação a plasma de elementos não ferrosos, deposição de filmes de Al2O3, TiN e TiC utilizando uma estrutura de descargas de catodo oco e tratamentos superficiais de elementos ferrosos em substituição a processos convencionais de galvanoplastia. Estes processos foram escolhidos devido ao fato de requererem poucas modificações na unidade de processamento existente, bem como por seu alto conteúdo de inovação tecnológica e seu grande potencial comercial, uma vez que eles fazem parte de um nicho de mercado praticamente inexplorado no Brasil. Embora existam equipamentos (de firmas estrangeiras) disponíveis no mercado, a Metal Plasma optou por desenvolver seu próprio reator, uma vez que os avanços tecnológicos exigem constantes mudanças e adaptações. A primeira unidade de processamento consiste de uma câmara de alto vácuo de aço inoxidável com um volume útil de 120 l, um sistema de bombeamento roots com uma vazão de 150 m3/h, uma fonte de corrente de 30 kW e um sistema de admissão de gases (Ar, N2, H2). Dando seqüência ao projeto, a Fase 2 compreenderá trabalhos de pesquisa aplicada para desenvolver os processos escolhidos, para chegar-se a padrões de qualidade que permitam sua utilização em escala comercial. Basicamente, quatro técnicas experimentais serão utilizadas na investigação do plasma: espectroscopia de emissão atômica, espectroscopia de absorção atômica, espectrometria de massa e sonda de corrente.

47 Desenvolvimento de um Esterilizador a Plasma

Coordenador: Tadashi Shiosawa
Empresa: Valitech Ind. e Com. Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 36.600,00 / US$ 0,00
Fase 2:
R$ 111.290,00 / US$ 18.494,75

Este projeto consiste em desenvolver um esterilizador de agentes contaminantes em materiais cirúrgicos, odontológicos e embalagens, empregando a tecnologia do plasma. O desenvolvimento será feito por etapas. Na primeira será desenvolvida uma pesquisa de mercado, visando à viabilidade técnica e mercadológica do processo a ser desenvolvido. Nessa etapa serão feitos contatos e visitas a empresas e instituições que utilizam materiais cirúrgicos, odontológicos e de embalagens em geral que devem ser esterilizados, antes do uso, visando a obter informações sobre esses materiais quanto a suas propriedades física e clínica e quanto aos níveis de esterilização necessários. Paralelamente será construído um protótipo do esterilizador, onde serão investigadas as condições de descarga de plasma de alguns gases. Definidos os parâmetros da descarga luminescente (plasma), e adicionando os resultados das pesquisas de mercado, será construído um esterilizador no qual serão feitos testes de eliminação de bactérias-padrão, estudos do efeito do plasma sobre os materiais esterilizados e a determinação das condições ótimas de descarga luminescente para a esterilização. Como resultado desse projeto de pesquisa objetivamos a fabricação de um esterilizador a plasma que atenda às necessidades do mercado.

48 Dosador Bicombustível para Motores de Uso do Ciclo Diesel

Coordenador: Luiz Geraldo Mialhe
Empresa: Palma Inox S/C Ltda.
Valor aprovado: Fase 1: R$ 44.903,00

Este projeto tem o objetivo de desenvolver um dosador bicombustível para motores do ciclo Diesel, tendo em vista utilizar o álcool (etanol ou metanol) como combustível. No Brasil, a preocupação mais séria com a questão da substituição de combustíveis fósseis por oriundos de biomassa vegetal efetivou-se com o Programa Nacional do Álcool – PNA, também conhecido como Proálcool. Com relação ao uso do álcool em motores a diesel, três tipos de desenvolvimento foram realizados: conversão de motores do ciclo Diesel para ciclo Otto; adaptação do álcool ao motor a diesel usando aditivos, e adaptação de motor do ciclo Diesel para uso de sistema de injeção com jato piloto (dupla injeção). A pesquisa atual, todavia, trata de uma nova concepção – o uso de álcool diretamente em mistura com óleo diesel. Para sua realização prática, porém, necessita de um dispositivo dosador-misturador-homogeneizador eficiente. O equipamento em questão parece ter removido essa dificuldade, mas sua comprovação exige a avaliação pormenorizada de seus efeitos sobre o desempenho dos motores a diesel. A metodologia adotada abrange a avaliação do “estado da arte”, o preparo de dois motores a diesel, com diferentes características técnicas, para montagem do dispositivo misturador-homogeneizador (DMH) inventado pela Palma Inox S/C, ensaios de caracterização operacional dos dispositivos DMH e ensaio dos motores no banco dinamométrico, segundo norma ABNT 5484 com adaptações.

49 Desenvolvimento de Equipamento Modular e Configurável de Aquisição e Processamento Digital de Sinais Biológicos

Coordenador: Luiz Antônio Barbosa Coelho
Empresa: Lynx Tecnologia Eletrônica Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 49.800,00

O projeto pretende especificar e desenvolver um sistema de aquisição e processamento de sinais biomédicos baseado em hardware modular e totalmente configurável por software que conjugue alto desempenho aliado a elevado grau de flexibilidade. Esse sistema será baseado em módulos de hardware simples e padronizados de cujo agrupamento possa obter alta capacidade de processamento em número de canais e alta taxa de amostragem. Será dada particular ênfase à configurabilidade desse sistema, permitindo seu uso em uma larga gama de aplicações, bem como sua fácil adaptação a outros tipos de aplicações, mesmo fora da área biológica. Assim, a curto prazo deseja-se: especificar uma arquitetura de sistema distribuído de aquisição e processamento de sinais (biológicos) capaz de processar até 64 canais, com freqüência de amostragem de 20 kHz por canal com apresentação e filtragem digital do sinal em tempo real sob controle de um microcomputador, definir um protocolo de comunicação de alto desempenho entre o microcomputador e os módulos de aquisição e processamento digital de sinais e elaborar algoritmos de processamento em tempo real para aplicação em neurofisiologia. A longo prazo, deseja-se consolidar capacitação tecnológica em projeto e implementação de sistemas de aquisição e processamento digital de sinais de alto desempenho.

50 Desenvolvimento de Equipamento Laser Semicondutor para Aplicações Médicas

Coordenador: Sergio Celaschi
Empresa: Ecco – Fibras e Dispositivos
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 45.500,00

O objetivo desta pesquisa é o projeto, desenvolvimento e testes cirúrgicos de protótipos de três equipamentos portáteis para operações a laser tendo, cada um destes, um diodo laser semicondutor como fonte de radiação. Cordões e sondas ópticas para aplicações específicas serão opticamente acoplados aos corpos principais dos protótipos. Será também implementada uma mira óptica visível no mesmo cabo óptico de saída. Os primeiros testes clínicos dos protótipos estão previstos em intervenções oftalmológicas, dermatológicas e em acupuntura. As principais aplicações das três categorias de equipamentos são: baixa potência (entre 50 e 200 MW) – para bioestimulação, com efeitos analgésicos, antiinflamatórios, antiespasmódicos e vasodilatadores; potência média (entre 1 e 3 W) – para tratamento oftalmológico e dermatológico, e alta potência (entre 15 e 20 W) – para cirurgias em geral. A metodologia de trabalho prevê a entrega dos protótipos para testes clínicos a médicos atuando em hospitais universitários. Espera-se demonstrar a viabilidade de projetar e montar três protótipos portáteis de equipamentos médicos para cirurgias a laser . Dois deles serão projetados e montados para operação em 810 nm, e um deles (inovador) deverá emitir cerca de 0,5 W de potência em 405 nm. Este comprimento de onda será obtido por meio do dobramento eficiente de sua freqüência primária. As principais aplicações esperadas são para bioestimulação, com efeitos analgésicos, antiinflamatórios, antiespasmódicos e vasodilatadores, para tratamento oftalmológico e dermatológico e cirurgias em geral.

51 Módulo Odontológico Transportável

Coordenador: Alexandre de Oliveira Rangel
Empresa: Oral Health – Oliveira Rangel e Camargo Jr. Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 19.007,00

Este projeto tem como objetivo desenvolver um módulo odontológico transportável, dotado de equipamentos simplificados, de fácil transporte de uma localidade para outra, para oferecer serviços odontológicos diretamente a regiões mais necessitadas. As equipes itinerantes de saúde bucal, hoje, já são uma realidade e foram implementadas em diversos municípios brasileiros baseadas fundamentalmente em Sistemas de Clínicas Modulares Transportáveis. Estas equipes se deslocam para atender grupos populacionais prioritários. Atendem, por exemplo, escolas de primeiro e segundo graus do município, em forma de rodízio, prestando serviços a alunos que acabaram de ingressar na primeira série do primeiro grau e fazendo a manutenção dos alunos das demais séries da escola anualmente. Hoje, com a experiência acumulada, além das equipes voltadas ao atendimento de crianças e adolescentes, já se torna possível imaginar equipes itinerantes, trabalhando no sistema de clínica modular transportável, voltadas ao atendimento de grupos especiais, como idosos, gestantes, trabalhadores, etc.

52 Desenvolvimento de uma Solução Genérica de Planejamento de Processo Automático para Peças Paramétricas

Coordenador: Haroldo Thomaz Kerry Junior
Empresa: KSR Com. de Materiais e Componentes para Informática e Consultoria Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 15.561,00
Fase 2:
R$ 66.241,00

O presente trabalho de pesquisa objetiva possibilitar que o sistema de informática Cappe (Computer Aided Process Planning Environment ), já desenvolvido pela KSR, torne-se um sistema automático para peças paramétricas em geral. A KSR é de ex-alunos da USP de São Carlos que, há cinco anos, com a experiência adquirida na área de Capp (Computer Aided Process Planning ), montaram a empresa procurando cobrir uma lacuna detectada no mercado mundial da automação industrial. Lançaram, então, o sistema Cappe. Porém, esse sistema não suporta o planejamento automático generativo e, com isso, possui uma grande limitação. Em uma tese de mestrado foi desenvolvida uma solução automática para peças parametrizadas, com bom resultado. Esse desenvolvimento foi, todavia, muito específico e não se pode associar essa característica à solução Cappe, o que, agora, se procura fazer. Os resultados da Fase 1 mostraram a viabilidade técnica das soluções propostas. O objetivo da Fase 2 é completar a implementação do protótipo resultante da fase 1, com ênfase nos detalhamentos de processo integrados ao CAD, funcionamento multiidiomas, integração com ERP, arquitetura três camadas e visualização de planos via web.

53 Aplicação de Polímeros Condutores como Sensores para Gases

Coordenador: Milton Soares de Campos
Empresa: Toró e Toró Ltda. – ME
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 49.500,00

O objetivo deste projeto é utilizar as propriedades de retificação de polímeros condutores para a construção de sensores para os gases metano e etileno. Para isso serão utilizados dois tipos de polímeros, que são muito estáveis em condições ambiente, o polipirrol e o politiofeno. Diodos Schottky serão construídos com esses polímeros (dopados com ácidos protônicos), tanto na configuração planar (com dois eletrodos metálicos depositados por litografia ou silk screen na mesma face do polímero) como na configuração sanduíche. Serão utilizados metais com funções trabalho tais que formem contatos ôhmicos e bloqueantes com o polímero. Estudos da corrente elétrica em função da voltagem dc, tanto na direção direta como reversa, em função da umidade, temperatura e concentração de gases, serão realizados utilizando-se polímeros dopados e não dopados. Sua sensibilidade, reprodutibilidade e estabilidade serão também investigadas. Espera-se colher informações suficientes para a construção de um sensor para os gases etileno e metano. Apesar de o setor agropecuário ser um dos mais dinâmicos da economia nacional, um de seus grandes problemas ainda é o armazenamento da produção agrícola. Estima-se que cerca de 25% de toda a produção é perdida anualmente por decomposição e incêndios que ocorrem em silos de grãos, causados provavelmente pela formação de gases inflamáveis como o metano. No caso da estocagem controlada de frutas, seu amadurecimento é causado pela formação de um hormônio na forma de gás, chamado etileno.

54 Desenvolvimento de Dispositivo sem Diamante-CVD para Aplicações de Curto Prazo

Coordenador: Kiyoe Umeda
Empresa: Clorovale Indústria e Comércio de Cloro Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 26.335,50 / US$ 0,00
Fase 2:
R$ 109.000,00 / US$ 76.485,00

O objetivo deste projeto é o de dar continuidade a trabalhos de pesquisa e desenvolvimento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – Inpe e da Universidade São Francisco – USF, dentro de uma pequena empresa, com possibilidades reais de alcançar a industrialização de produtos fabricados em diamante-CVD. Esse diamante artificial tem propriedades equivalentes às do diamante natural, com a vantagem de ser obtido na forma de filmes finos e espessos em superfícies pequenas (menores que 1 mm2) e grandes (maiores que 100 cm2), em diferentes formatos. A empresa proponente já produz o gás hidrogênio, a matéria-prima mais cara do processo de crescimento de diamante-CVD. Dentro desse objetivo, é necessária a montagem de um reator para crescimento, em superfícies grandes, com sistema de recirculação/reaproveitamento de gás adequando o reator para taxas de crescimento mais altas, própria para industrialização. Para a utilização do hidrogênio da empresa, faz-se necessária a montagem de um sistema de compressão desse gás, promovendo seu envasamento em recipientes próprios. Com esse novo conceito de reator, deseja-se pesquisar, na indústria, os novos parâmetros de crescimento, como função da qualidade, taxas de nucleação e crescimento do filme a ser produzido em alguns tipos de substratos. Dentro da pesquisa, deseja-se desenvolver e fazer chegar ao mercado dispositivos como apalpadores mecânicos, facas de cortes para materiais plásticos e metálicos não ferrosos, orifícios e tubos em diamante-CVD, brocas para odontologia e usos relacionados e janelas para proteção óptica.

55 Fabricação de Cartões de Crédito, Cartões Plásticos Fechados e Abertos

Coordenadores: Wellington Gomes de Andrade /Amador Poceiro Orelo
Empresa: Tecnocard Tecnologia em Cartões Ltda.
Valor aprovado:
Fase 1: R$ 48.000,00
Fase 2:
R$ 199.800,00

Este projeto de pesquisa tem, em sua Fase 1, o objetivo de construir um conjunto de protótipos para a fabricação de cartões plásticos, magnéticos, indutivos, inteligentes (smart cards ) e de aproximação (transponders ) com componentes totalmente nacionais, inéditos, de fácil operação e manutenção, de alta produtividade, a custos consideravelmente mais baixos em relação às tecnologias disponíveis no mercado internacional e de níveis de qualidade e segurança compatíveis com os padrões internacionais, para acionamento de sistemas de informática. Na Fase 2, procurar-se-á chegar à fabricação, em escala industrial, de cartões de crédito (magnéticos) e smart cards . A inovação, para a segunda fase, será um sistema de autenticação e segurança para transações por meio de redes públicas (Internet/fax/telefone), denominado Security Smart Card . O objetivo desse produto é o de oferecer às empresas a possibilidade de se expandirem, com segurança, via redes de computadores. Esses produtos terão três elementos principais:software com autenticação de assinatura eletrônica e senhas dinâmicas geradas por uma chave criptográfica, leitor de cartão smart card conectado a computadores pessoais e cartões smart cards personalizados e fabricados pela empresa, com a inovação da mixagem das tecnologias do smart card com o cartão indutivo. Trata-se de um relê indutivo com impressão metálica, com dispositivos de trilhas e armadilhas inseridos na parte interna do cartão.

Republicar